Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Segunda, 21 de Agosto de 2017
Todas as categorias
Desporto
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Desporto/ Governo promete entregar organização do campeonato a Liga de Clubes

2016-03-15

(ANG) - O campeonato nacional de futebol, suspenso pela federação por falta de verbas, será assumido a partir desta segunda-feira pelo Governo, que já pediu à Liga de Clubes que entregue uma proposta financeira para viabilizar a prova.



Segundo a rádio jovem, o secretário de Estado dos Desportos, Conduto de Pina acusou os dirigentes da Federação de Futebol de fazer política a favor do seu presidente Manuel Irénio nascimento Lopes, que é um dos 15 deputados dissidentes do PAIGC.

"Temos uma Federação que nunca apresentou relatórios de conta. O presidente da federação disse que o governo não tem competências para solicitar relatórios à Federação. Começou e suspendeu o campeonato sem informar nada ao Governo. Não podemos dar dinheiro à Federação enquanto não prestar contas dos dois mandatos", intimou.

Conduto apresentou vários documentos que diz serem provas de má gestão por parte dos dirigentes do organismo, tendo chamado a FFGB de ser "corrupta, irresponsável, incompetente e de funcionar numa clara ilegalidade", o que, sublinha, o actual governo não pode tolerar.

"Ao longo desse tempo fiz um levantamento exaustivo sobre o desporto nacional. Reuni todos os documentos e cheguei a conclusão que não podemos continuar com essa tamanha desorganização na Federação", referiu Conduto de Pina.

Conduto de Pina, de acordo com a emissora jovem, acusou de forma implícita o presidente da federação guineense de futebol, Manuel Nascimento Lopes, de, ao invés de gerir a instituição, “passa a vida a insultar o governo”.

Por outro lado, o secretário de Estado do Desporto garantiu que o Governo vai financiar os dois próximos jogos da Selecção de Futebol contra o Quénia.

“Tem que haver disciplina e organização na federação [de futebol], que tem de prestar contas do dinheiro que recebe do Estado, caso contrário, poderá ser-lhe retirado o estatuto de utilidade pública”, advertiu o governante, que mais uma vez acusou a federação de “gastar muito dinheiro público” com os jogos da seleção, “mas sem resultados práticos”.

ANG/R.Jovem


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw