Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Sexta, 17 de Novembro de 2017
Todas as categorias
Economia
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Pescas/ Secretário de Estado promete colocar unidade de fabrico de gelo em Biombo

2016-03-18

O secretário de Estado das Pescas e Economia Marítima prometeu colocar uma unidade de fabrico de gelo na região de Biombo, norte do país para facilitar os trabalhos dos pescadores artesanais daquela localidade.



Ildefonso Barros falava no acto de entrega de diversos materiais de pesca, nomeadamente redes, bóias, cordas entre outros, aos pescadores daquela região que entregaram voluntariamente as redes inadequadas à pesca artesanal no âmbito das apreensões feitas pelos serviços da Fiscalização Marítimas no ano passado.

O governante informou que a carência de gelo é uma das maiores dificuldades com que se deparam os pescadores em todas as localidades do país, salientando que, o executivo está, aos poucos, a resolver esse problema.

"A título de exemplo, já instalamos duas máquinas de produção de gelo com capacidade de cinco toneladas por dia cada sendo uma em Cacheu e outra em Buba", explicou.

O secretário de Estado das Pescas disse que já encomendaram seis máquinas de fabrico de gelo e quando chegarem a região de Biombo será a prioridade.

Ildefonso Barros aconselhou aos pescadores de Biombo à protegerem os recursos haliêuticos, evitando a utilização de materiais inapropriados porque é nas zonas de pesca artesanal que os peixes reproduzem.

Declarou que, ainda em termos de apoios aos pescadores, o governo tem consciência das carências que os homens do mar enfrentam em relação aos materiais de pesca.

"Estamos a trabalhar no sentido de criar as condições para que os privados podem colocar à venda os materiais de pesca suficientes no país para que os pescadores possam adquiri-los num preço acessível", explicou.

Segundo ele, pretendem com isso criar as condições para que o país possa ter um stock de materiais de pescas para que os pescadores possam compra-los aqui no país .

ANG/ÂC/JAM/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw