Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Quarta, 22 de Novembro de 2017
Todas as categorias
Economia
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Caju/ “Situação política vai influenciar negativamente a campanha do presente ano”, diz Presidente da ANAG

2016-03-23

(ANG) - O Presidente de Associação Nacional dos Agricultores da Guiné-Bissau (ANAG) disse hoje que a situação da crise política que se vive o país irá influenciar negativamente a comercialização de castanha de caju no presente ano.



Segundo Jaime Boles Gomes, em entrevista à ANG, existem pessoas que aproveitam das situações de crise para prejudicar a camada mais fraca ou seja os agricultores.

“A castanha de caju está a ser comercializada actualmente em algumas localidades do país entre 100 e 150 francos . Mas o preço indicativo proposto pela Câmara de Comércio para comercialização deste ano é de 350 por quilo", informou.

Jaime Gomes disse que, por isso, gostariam que o governo fixasse o preço base o mais rápido possível para que os agricultores não venham a passar fome.

O Presidente da ANAG afirmou que estão a fazer sensibilizações junto aos produtores no sentido de não comercializarem as suas castanhas nos preços acima referidos.

Referiu no entanto que a situação de fome que muitas famílias enfrentam pode levar a que muitas não pudessem obedecer essa recomendação de não vender, a esse preço, as suas castanhas.

“A ANAG dispõe de falta de meios para fazer os seus trabalhos, mas mesmo assim não vai poupar esforços em fazer algo de bom para melhorar a situação dos agricultores”, prometeu Boles Gomes.

Acrescentou que os produtores merecem muita atenção uma vez que o crescimento económico de um país reside na sua produção.

Apela aos empresários a darem valor aos agricultores, sublinhando que os mesmos são fontes de rendimento da classe empresarial.ANG/AALS/ÂC/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw