Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Quarta, 12 de Dezembro de 2018
Todas as categorias
Política
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


CEDEAO/ Profissionais da saúde iniciam discussões técnicas sobre segurança sanitária

2016-04-04

(ANG) – Os peritos de saúde dos países membros da Organização Oeste Africano da Saúde (OOAS) iniciaram hoje ,em Bissau, as discussões técnicas sobre segurança sanitária ao nível da Comunidade Económica dos Países da África de Oeste (CEDEAO).



O encontro de Bissau que decorre de 4 à 8 de Abril tem como lema, "Integração Regional e Segurança Sanitária no Espaço Comunitário e o Papel do Centro Regional de Vigilância e Centro da Doença (CRVCD).

Na abertura do encontro, o Director-Geral adjunto da Organização Oeste Africano da Saúde (OOS) disse que o encontro representa uma oportunidade para os países da CEDEAO analisarem o engajamento comum de proporcionar um nível aceitável as respectivas populações em matéria de saúde.

Leorent Asogba afirmou que este momento de partilha de experiências permitirá uma discussão entre as partes a fim de saírem do encontro com uma nova recomendação e um plano de acção que irá ao encontro das reais preocupações das suas populações.

Para este responsável, a direcção da OOAS continuará a fazer o possível para associar os técnicos dos respectivos países à todos os processos daquela instituição com vista a sua melhor visibilidade.

“Ao exemplo de alguns pontos focais que cumpriram plenamente os seus respectivos papéis, todos devem também melhorar as suas estratégias a fim de garantir uma melhor visibilidade desta instituição ao nível internacional e assegurar o fornecimento em tempo real, de informações que determinem as nossas intervenções sub-regionais”, disse.

Por sua vez, o ponto focal da Guiné-Bissau,Paulo Djata afirmou que a partir desse encontro sairão decisões importantes que serão remetidos à assembleia dos ministros e depois aos chefes de Estado da CEDEAO.

Djata disse que o país vai apresentar, entre outras, as propostas e mecanismos de prevenção contra epidemias nomeadamente o ébola.ANG/FGS/ÂC/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw