Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Segunda, 20 de Novembro de 2017
Todas as categorias
Saúde
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Diabetes/ “Registados mais de 12 mil doentes no pais”, diz Associação

2016-04-07

(ANG) – O Presidente da Associação Nacional de Defesa de Diabetes(ANDD) revelou que a organização acompanha o estado de saúde de mais de 12.500 doentes diagnosticados com esta doença em todo o território nacional.



Rui Nené que falava hoje por ocasião da celebração do dia mundial de saúde, cujo lema deste ano se relaciona com a diabetes - “Seja mais forte que a Diabetes", alertou que os números demonstram a gravidade do problema.

“Por isso vamos, em parceria com o Ministério da Saúde Pública, apoiar as vitimas, através de sensibilização porta à porta por forma a mostrar-lhes que a doença não é um fim”, disse.

Acrescentou que doravante os diabéticos vão merecer uma atenção particular tendo em conta as exigências e complexidades do mundo.

Em representação da Ministra da Saúde, o Secretário de Estado da Gestão Hospitalar disse que este ano, a efeméride que se celebra é dedicada especilamente ao combate a diabetes, doença que segundo explicou é causada pelo excesso de açúcar ou alimentos com gorduras no sangue.

Marteline dos Santos agradeceu o apoio da OMS , tendo salientado que a sensibilização das populações na prevenção da doença é um desafio de todos .

Aquele governante reconheceu o papel da ANDD na luta contra este flagelo, tendo martelado na necessidade de se intensificar a prevenção para evitar eventuais mortes que podiam, perfeitamente, serem evitadas.

Por seu turno, o representante da OMS estima que a diabetes pode vir a ser a sétima causa de morte no mundo até 2030.

Ayigan Kossi lembrou que em 2012 foi a causa directa do falecimento de 1,5 milhões de pessoas a nível mundial, 80 por cento dos quais tiveram lugar em países de baixo ou de rendimento médio .

Adiantou que a taxa de incidência da diabetes está a aumentar, o que, segundo ele, representa um grande desafio para os governos , serviços de saúde , comunidades e as pessoas em geral .

A Diabetes deixa a pessoa com uma saúde precária ou em total incapacidade até a morte prematura, devido as complicações graves que provoca, nomeadamente cegueira, insuficiência renal, neuropatia alem de elevadas perdas económicas.

O representante da OMS frisou, no entanto, que a doença pode ser evitada com medidas simples de mudança de estilo de vida, concretamente manutenção do peso corporal ideal, pratica regular do desporto e uma alimentação saudável.

A cerimónia contou com a presença do regulo de Bandim, técnicos de saúde,. Organizações parceiras do Ministério da Saúde Publica entre outras personalidades.

ANG/MSC/JAM/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw