Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Segunda, 10 de Dezembro de 2018
Todas as categorias
Política
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Crise Política/ Comité Central sugere eleições gerais antecipadas

2016-04-19

(ANG)- O Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo –Verde (PAIGC) defendeu hoje a realização de eleições gerais antecipadas, caso persistir "o bloqueio e manobras que visam desestabilizar o país e ao próprio partido".



Em comunicado final da reunião do Comité Central tida segunda-feira, à que Agência de Notícias da Guiné (ANG) teve acesso, o PAIGC prometeu desencadear acções que visam recuperar os seus mandatos para que possa enfrentar a “batalha” do exercício do poder conquistado na urna, utilizando todos os mecanismos políticos legais para o efeito.

Condenou todos os actos que põem em causa a maioria conquistada pelo partido e sublinha que tal vitoria não pode ser substituída por qualquer outra "fictícia, resultante de arranjos entre formações políticas ou entre estas e deputados individuais".

Dizendo estar disposto para negociar com outras forças políticas num quadro de estabilidade para o resto da legislatura, o PAIGC garantiu que vai defender intransigentemente os valores e os princípios do partido face as instituições, bem como no combate a indisciplina prevalecente.

Encorajou os órgãos competentes da ANP para a necessidade de estarem em condições de decidir sobre a crise prevalecente, sob pena de pôr em causa a essência da democracia e o sistema político vigente no país.

O PAIGC congratulou-se com o governo pela forma honesta e patriótica com que tem pautado as suas acções de resgate do sistema financeiro nacional, através de medidas que permitam o seu bom relacionalmente com banca, numa tentativa de salvar o débil tecido empresarial guineense e relançar a economia do país.

O Comité Central manifestou a sua solidariedade e confiança à Direcção Superior do Partido e em especial ao Presidente do PAIGC, Domingos Simões Pereira, pela forma lúcida, sábia e objectiva como tem defendido as conquistas do Partido, assentes nos ideais de Amílcar Cabral.

O Comité Central exortou ao Domingos Simões Pereira a prosseguir com as acções de reforço institucional do partido e sobretudo nos aspectos de salvaguarda da disciplina interna.

O PAIGC manifestou ainda a sua solidariedade ao Partido dos Trabalhadores do Brasil (PT) e à sua Presidente Dilma Rousseff assim como à todo o povo brasileiro, sobretudo as camadas mais desfavorecidas que lutam pela preservação das suas conquistas sociais, no combate à pobreza e subsequente melhoria das suas condições de vida.

A reunião do Comité central do PAIGC ocorreu um dia antes do chefe de estado dirigir uma mensagem à Nação motivada pela crise política que se vive no país.ANG/LPG/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw