Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Sexta, 17 de Novembro de 2017
Todas as categorias
Saúde
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Saúde/ Médicos e Anestesistas recebem formação

2016-04-26

(ANG) – O Ministério da Saúde Pública e o Fundo das Nações Unidas para a População (FNUAP), através da iniciativa H4+, promoveram hoje um curso de formação para 11 médicos e 34 enfermeiros licenciados em anestesia e reanimação, no Hospital Nacional Simão Mendes.



Na cerimónia de abertura da referida formação, o Secretário de Estado de Gestão Hospitalar, Martilene Fernandes dos Santos disse que o ministério da Saúde detectou a falta de anestesistas no bloco operatório do HNSM, o que levou o governo, em colaboração direção do hospital decidiu promover a referida formação.

Por sua vez a representante da FNUAP na Guiné-Bissau Kourtoum Nacro salientou que o curso ora lançado vai contribuir para a promoção dos serviços de saúde materno-infantil de qualidade na Guiné-Bissau.

Acrescentou que a existência de técnicos de anestesiologia e reanimação irá permitir que as cesarianas e outras intervenções cirúrgicas possam ser efectuadas em melhores condições, em todas as regiões do país.

O Chefe do Serviço de Anestesiologia do HNSM, Benjamim Correia afirmou que ele é o único enfermeiro anestesista do país, mas que já se aposentou, razão pela qual pede financiamento para formar mais enfermeiros anestesistas para assegurarem a assistência aos pacientes que necessitarão de intervenção cirúrgica tanto em Bissau como nas regiões do interior.

Para aquele técnico de saúde, o serviço de anestesia não é reconhecido na Guiné-Bissau mas está inserido na medicina em toda a parte do mundo “Não se pode falar na redução da mortalidade materno-infantil sem anestesia”, sublinhou.NG/JD/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw