Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Segunda, 25 de Setembro de 2017
Todas as categorias
Saúde
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Combate à Hipertensão/ Ministra da Defesa promete mais investimentos para saúde dos militares

2016-05-05

(ANG) – A Ministra da Defesa Nacional afirmou hoje que a saúde das populações e dos militares guineenses “não têm preço e nem limite de investimento”, por parte do Estado.



Estas palavras foram proferidas por Adiatu Djaló Nandigna, na cerimónia de abertura da “Iª Conferência Nacional sobre Doença Cardiovascular-Hipertensão”, organizada pela empresa farmacêutica “JABA RECORDATI”, em parceria com o Hospital Militar Principal, em Bissau.

“A hepertensão tornou-se num fenómino medonho na nossa sociedade, pois tem custado a vida de milhares dos nossos irmãos e destruindo a vida de tantos outros, deixando-os com sequêlas irreparáveis”, descreveu a governante.

Djalo Nandigna que ressalvou, por outro lado, que a doença é evitável , caso sejam tomadas as “devídas” precauções, ou tratadas eficazmente. Por isso, defende uma atenção do Estado, em particular, das autoridades sanitárias em relação aos problemas da hipertensão.

Esta governante ainda realçou a importância desta parceria público-privada entre o Hospital Militar Principal e a empresa “JABA RECORDATI”, em prol dos guineenses e, em especial da classe castrense.

No decurso do evento, o Ministério da Defesa Nacional e a firma “JABA RECORDATI” rubricaram um acordo de “Estudo de Investigação sobre a Prevalência da Hipertensão”, com vista a sua prevenção e tratamento nas Forças Armadas da Guiné-Bissau.

Igualmente, no decurso da conferência, esta empresa internacional fez a entrega simbólica de sal (sem sódio) ao Hospital Militar Principal Cino-guineense.

Nesta conferência de um dia, os 70 participantes, na sua maioria técnicos de saúde, discutem assuntos como, “a Realidade Cadiológica na Guiné-Bissau e os Factores de Riscos na Hipertensão, Prevenção e Actualização no seu Tratamento”.

O principal orador é Luís Martins, académico e Director do Serviço de Cardiologia do Hospital da Vila de Feira, em Portugal.

A “JABA RECORDATI” é uma empresa farmaêutica Luso-italiana especializada no combate a Hipertensão e doenças crónicas.

Segundo especialistas, a hipertensão tem estado a aumentar “considerávelmente” em África devído, nomeadamente a falta de cuidados alimentares e do estílo sedentário de vida de muitas pessoas.

ANG/QC/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw