Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Domingo, 19 de Novembro de 2017
Todas as categorias
Ensino
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Ensino/ SINDEPROF acusa governo de promover analfabetismo no pais

2016-05-06

(ANG) - O porta-voz do Sindicato Democrático dos Professores (SINDEPROF) acusou hoje o executivo de pretender promover analfabetismo no país.



Armando Vaz que falava em conferência de imprensa disse que o governo de Carlos Correia não está preocupado com a crise no sector do ensino público guineense, ao contrário do SINDEPROF que sempre esteve empenhado na busca de solução viável para a saída da crise no sector.

O porta-voz afirmou que a exigência do sindicato sempre baseou-se no pedido da aplicação das leis, enquanto que o governo justifica a situação com a falta de aprovação do Orçamento Geral do Estado.

Armando Vaz explicou que o sindicato dos professores elaborou um plano de trabalho para a saída da crise, pedindo o executivo para não descontar as faltas como tem ameaçado. Disse que a resposta do executivo foi de que a sua decisão é irreversível.

O porta-voz do SINDEPROF lembrou a todos que em qualquer parte do mundo faz-se desconto aos grevistas, mas que isso acontece quando o patronato cumpre alguns pontos da reivindicação.

Armando Vaz advertiu que caso o ano lectivo for anulado a responsabilidade será do governo.

ANG/JD/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw