Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Terça, 18 de Dezembro de 2018
Todas as categorias
Política
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Energia elétrica/ Chefe de governo visita EAGB e CICER

2015-07-24

(ANG) - O Primeiro-ministro, Domingos Simões Pereira efectuou hoje uma visita às instalações da Empresa de Electridade e Águas(EAGB) e a Companhia Industrial de Cerveja e Refrigerante(CICER), paralisada há muitos anos.



Falando à imprensa apos a visita, Simões Pereira assegurou que o povo guineense jamais voltara à escuridão. “Por isso é que tomamos a decisão de passar por um período transitório através do sistema de aluguer de grupos de geradores”, disse Tem havido apagões de algumas horas nestes dias, em Bissau, depois de um longo período de abastecimento regular diário da energia electrica por quase toda a capital .

“Esse aluguer era para nos dar a oportunidade de pensar numa solução de longo prazo e é isso que estamos a avaliar para saber onde é que estamos com essa solução, como é que estrategicamente o país se posiciona, não só, para consolidar os ganhos registados, mas também criar capacidades de alguma autonomia e autossuficiência desse sector ” explicou o Primeiro-ministro Domingos Simões Pereira adiantou que depois de o governo conhecer as necessidades existentes na área da energia, os técnicos do sector vão poder dizer qual a opção a seguir , e em função dessa escolha conhecendo as vantagens e inconveniências, o executivo irá tomar a decisão que entender ser melhor e plausível para se ultrapassar a situação actual da energia eléctrica que o país vive.

Falando sobre a empresa CICER, , Simões Pereira disse que a empresa em causa foi uma grande referência do tecido industrial do país, não só pelo contributo que tem na economia da Guiné-Bissau, mais também pelo número de pessoas que emprega e pela forma como representava todos os cidadãos nacionais.

“ É intenção do governo reabrir esse processo. Vamos revisitar todo o processo da privatização porque se me lembro bem, os cadernos de encargos para as privatizações fixava objectivos “referiu o Primeiro-ministro.

O chefe do governo declarou que vão ver todas as documentações para certificar se os objectivos traçados foram compridos e no final a intenção do executivo é de relançar as empresas do sector industrial nomeadamente a CICER.

Perguntado se o relançamento vai ter a parceria de privados o chefe do executivo guineense respondeu que sim, e que o governo tem que considerar várias opções e uma delas é justamente a parceria público/ privada.

“O importante é perceber bem a vocação de cada um dos intervenientes, e as suas responsabilidades para depois avançar com o processo”,disse.

Durante a visita, o Primeiro-ministro e sua comitiva percorreram as instalações das duas empresas tendo ouvido explicações detalhadas dos respectivos técnicos.

ANG/MSC/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw