Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Sexta, 24 de Novembro de 2017
Todas as categorias
Sociedade
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Diferendo/ Empresário Braima Camará reclama ser proprietário do futuro parque Urbano de Nbatonha

2016-05-10

(ANG) - O empresário Braima Camará afirmou ser o proprietário do espaço onde se projecta a construção do Parque de Nbatonha no centro da cidade de Bissau.



Em declarações à imprensa momentos após o lançamento oficial da primeira pedra para a construção do futuro Parque Urbano, Braima Camará sublinhou que adquiriu o referido terreno em hasta pública em 1999, na altura em que Francisca Vaz Turpin(Zinha Vaz) era a Presidente da Câmara Municipal de Bissau, através do Banco Tota & Açores.

Braima Camará informou que na sua qualidade do dono do espaço nunca foi informado sobre a execução das obras, tendo considerado o acto de uma humilhação.

"A questão vai constituir mais uma batalha judicial e que vai aquecer nos próximos tempos", garantiu o empresário que promete, para breve, uma declaração pública sobre o caso.

Por sua vez, o Presidente da Câmara Municipal de Bissau, disse que devido o valor ecológico do referido espaço não se pode fazer nenhuma construção ali, porque deve ser preservado como zona húmida.

"O espaço joga um papel muito importante na capital Bissau nomeadamente no impedimento de infiltração de água para os bairros de capital", afirmou, Adriano Ferreira.

Perguntado se a construção do projecto de Parque Urbano de Nbatonha é de facto irreversível, o Presidente da CMB, respondeu que isso não vai parar a não ser que o Estado perde os seus valores.

"O Estado pode fazer expropriação do espaço que é do interesse público e que vai ser valorizado por uma outra dimensão e que pode melhor reflectir em imagem e necessidade da população", explicou.

Aquele responsável disse que avisaram o empresário Braima Camará de que a Câmara Municipal de Bissau dispõe de um outro terreno em boas condições para lhe compensar em troca do espaço de Nbatonha. ANG/ÂC /SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw