Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Quarta, 22 de Novembro de 2017
Todas as categorias
Economia
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Caju/ Presidente da ANAG satisfeito com preços praticados na campanha

2016-05-13

(ANG) – O Presidente da Associação Nacional dos Agricultores da Guiné-Bissau (ANAG), considerou hoje de encorajadores, os preços praticados na compra de castanha de caju em diferentes regiões e sectores do país.



Em declarações á imprensa, Jaime Boles Gomes disse que, segundo informações recolhidas pelos técnicos da ANAG nas regiões de Biombo, Oio e Cacheu, a castanha atingiu os 600 francos FCA por quilo, tal como no sector de Buba, sul do país.

Acrescentou que na zona Leste, concretamente em Bafatá, o quilo da castanha já é vendido à 650 francos.

No entanto, lamentou a fraca produção do caju este ano, mas relacionou o facto com eventuais poeiras provenientes de deserto de Shara e que provocam secas nas plantações.

“Para melhor informação, é preciso que os conhecedores desta matéria como o Ministério da Agricultura, se pronunciem sobre o assunto”, disse o Presidente da ANAG.

De acordo com aquele responsável, tudo indica que haverá queda em termos do escoamento da castanha de caju do interior do país para a capital Bissau.

“Não acredito que este ano o escoamento da castanha de caju nesta primeira colheita, atinja os 60 ou 70 por cento, em relação ao ano passado, tendo em conta o flagelo que acima citei, ou seja a fraca produção de caju este ano”, alertou Boles Gomes.

O preço mínimo de compra junto ao produtor estipulado pelo governo foi de 350 francos cfa, o quilo.

ANG/LLA/JAM


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw