Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Domingo, 17 de Dezembro de 2017
Todas as categorias
Desporto
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


CAN 2017/ Seleccionador nacional receia que atraso na preparação influencie no rendimento dos jogadores

2016-05-18

(ANG) – O treinador da Selecção Nacional de Futebol advertiu hoje que o atraso verificado na implementação da agenda de preparação da Selecção Nacional de Futebol afectará negativamente o desempenho dos atletas nacionais no jogo contra a Zâmbia referente a eliminatória para o CAN 2017.



Em entrevista exclusiva à Agência de Noticias da Guiné, Baciro Candé disse que alguns jogadores que evoluem na Europa, mas que gozam férias em Portugal, já se encontram disponíveis e aguardam apenas a chegada da equipa técnica para o inicio dos treinos.

O Seleccionador Nacional disse que o governo não respondeu a proposta de agenda para a preparação do jogo da Guiné-Bissau contra a Zâmbia, por isso a equipa técnica que devia estar em Portugal desde o dia 20 de Abril até agora não conseguiu deslocar-se. “A equipa técnica já fez todos os contactos com os jogadores nacionais que evoluem nos campeonatos europeus e neste momento todos se encontram em Portugal a espera da equipa técnica para iniciarem os trabalhos com os 18 jogadores que deslocarão para o país”, contou Baciro Candé.

O técnico da selecção Nacional de Futebol disse que o treino local devia começar amanhã, mas não terá lugar porque a equipa técnica ainda não se deslocou à Portugal para efeitos de observação dos atletas nacionais.

“Doravante, para corrigirmos esta falha, os jogadores devem estar no país o mais tardar at+e ao dia 23 do Maio corrente para dentro de uma semana sabermos quais destes jogadores é que estão em condições de integrar a Selecção no próximo jogo contra a Zâmbia”, referiu.

“Um atleta profissional não pode ficar uma semana sem treinar. Os campeonatos da Europa já terminaram e estes jogadores estão parados e isso representa um perigo para o desempenho físico do jogador”, alertou.ANG/FGS/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw