Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Terça, 18 de Dezembro de 2018
Todas as categorias
Política
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Política/ Líder do PAIGC acusa PR de receber 13 milhões de dólares para exploração de Bauxite

2016-05-23

(ANG) - O líder do Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo-Verde (PAIGC) acusou o Presidente da República de ter recebido 13 milhões de dólares em nome do governo para a exploração de Bauxite e de ter exportado catorze contentores de área pesada.



Domingos Simões Pereira falava sábado num comício popular em Bissau, tendo acrescentado que foi o José Mário Vaz quem trouxe um barco de “ grande porte” que está a devastar o pescado nacional.

“O Presidente da República é o responsável pela exportação de grande quantidade de madeira que foi interceptado pelo governo. É óbvio que o ladrão não pode representar um povo. Vamos continuar a lutar contra a ditadura e acabar com o sofrimento do povo guineense”, prometeu Simões Pereira.

O Presidente do PAIGC convidou José Mário Vaz a levantar a sua imunidade enquanto Chefe de Estado para esclarecer as acusações de que é alvo no fórum judicial.

“O Presidente da Republica ordenou a retirada da Bandeira Nacional em frente do Palácio da Republica em detrimento da bandeira do Marrocos com propósitos de mendigar esmola ao Rei de Marrocos, desrespeitou o Hino Nacional ”, enumerou Simões Pereira.

O líder do PAIGC manifestou a sua confiança na Força Armada Guineense, tendo sublinhado que eles estarão ao lado da verdade e não da “violação sistemática” das leis.

ANG/AALS/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw