Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Segunda, 20 de Novembro de 2017
Todas as categorias
Regiões
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Bafatá e Gabú/ Elaborado Plano Básico de abastecimento de água e saneamento

2016-05-30

(ANG) - As regiões de Gabú e Bafatá no leste da Guiné-Bissau já dispõem de uma política de abastecimento de água, saneamento e higiene, revelou o Director dos Recursos Hídricos da Província leste.



Mussa Sanhá que falava na cerimónia do encerramento do seminário sobre Elaboração do Plano Regional de Água, Higiene e Saneamento nas regiões de Bafatá e Gabú e que decorreu de 24 à 27 de Maio em Gabú, disse que o documento é uma ferramenta importante que vai lhes servir de guião para implementação das suas acções.

"A Direcção Geral dos Recursos Hídricos dispõe, a partir de agora, de mais uma ferramenta para mostrar os seus parceiros e associações ligadas ao sector todas as informações ligadas a problemática do abastecimento de água e saneamento nas regiões de Bafatá e Gabú", informou.

Mussa Sanhá sublinhou que, com o referido Plano, a sua instituição já dispõe de um instrumento que lhe permite inteirar in loco da situação de abastecimento de água e higiene em todas as tabancas que compõem as regiões de Bafatá e Gabú.

Em nome do representante da ONG Associação de Desenvolvimento do Povo para Povo(ADPP), na Guiné-Bissau e Supervisor do Projecto "Moransa Limpu Pus", Armando João da Silva enalteceu o empenho dos participantes no seminário que culminou com elaboração do referido documento.

Aquele responsável informou que a realização pratica do projecto "Moransa Limpu Pus", ou seja Saneamento Total Liderado pela Comunidade, foi possível graças a uma parceria com a União Europeia que beneficiou quatro regiões do país nomeadamente Bafatá, Gabú, Oio e Tombali.

Informou que dentro do projecto estão três parceiros que são: a Ascon que assume a parte de furos de água, a IMPA encarregue de instalação dos painéis solares e ADPP que ocupa da sensibilização.

"A ADPP vai trabalhar na sensibilização das populações para escavarem cinco mil latrinas nas quatro regiões e ensinar as formas de seu uso adequado", informou.

Armando Silva disse ainda que vão sensibilizar a população para construir 84 bancadas para lavagem de roupas, 83 de lavagem das mãos nas escolas e 26 sistemas de abastecimento de água através da reactivação das associações do interesse hídrico para assegurar a gestão e manutenção das bombas.

"No referido projecto foi contemplado três Planos Regionais relacionados a Água, Higiene e Saneamento", explicou.

Em nome dos participantes do seminário, Francisco Garcia agradeceu a ONG ADPP pela contribuição do projecto na resolução do problema de falta de água e saneamento na região de Gabu, que disse ser uma das maiores preocupações dos habitantes locais. ANG/ÂC/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw