Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Sábado, 17 de Novembro de 2018
Todas as categorias
Internacional
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Saúde/ Bill e Melinda Gates financiam nova fase de combate à Malária

2016-06-16

(ANG) - A Novartis anunciou hoje que irá alargar ainda mais a sua parceria de longa data com a Medicines for Malária Venture (MMV).



A Novartis irá liderar o desenvolvimento do KAF156, um composto contra a malária, com o apoio científico e financeiro da MMV, em colaboração com a Fundação Bill e Melinda Gates.

Este acordo estabelece os termos e as condições para o desenvolvimento do KAF156 e a sua disponibilização futura aos doentes.

"Tendo em conta que a cada dois minutos morre uma criança de malária e que a ameaça da resistência aos medicamentos aumenta anualmente, há uma necessidade premente de redobrar os esforços de combate a esta doença a nível mundial," referiu Joseph Jimenez, CEO da Novartis.

"As parcerias e colaborações como esta com a MMV são essenciais para o desenvolvimento de medicamentos da próxima geração contra a malária e para intensificar os esforços com vista à erradicação desta doença mortal."

O KAF156 pertence a uma nova classe de moléculas contra a malária e é um dos primeiros medicamentos contra a malária candidatos a entrar na Fase IIb de desenvolvimento clínico em mais de 20 anos. Actua contra os dois parasitas responsáveis pela maioria das mortes devido à malária (plasmodium falciparum e plasmodium vivax) e durante os estados sanguíneo e hepático do ciclo de vida do parasita.

Além disso, tem potencial para fornecer um regime de administração mais conveniente e para dar resposta à resistência a medicamentos múltiplos que tem vindo a surgir em cinco países da sub-região do Grande Mekong (GMS).

O KAF156 resulta da experiência da Novartis no desenvolvimento de medicamentos contra a malária e do lançamento em 1999 do Coartem®, a primeira terapia combinada à base de artemisina (ACT) de dose fixa.

A ACT é o padrão de cuidados actual para o tratamento da malária.

"Estamos muito satisfeitos por alargar a nossa parceria com a Novartis para o desenvolvimento deste promissor medicamento contra a malária, que tem o potencial de dar resposta à resistência aos medicamentos e melhorar a adesão por parte dos doentes," afirmou o Dr. David Reddy, CEO da MMV. "Como tal, este acordo constitui um marco importante, à medida que a MMV segue a sua missão com vista a descobrir, desenvolver e fornecer medicamentos contra a malária novos, eficazes e acessíveis para os doentes mais necessitados."

A Iniciativa para a Malária da Novartis está empenhada em fomentar a investigação, o desenvolvimento e o acesso a fármacos inovadores para eliminar a malária.

É um dos maiores programas de acesso a medicamentos da indústria farmacêutica. Desde 2001, esta iniciativa já forneceu mais de 750 milhões de tratamentos sem lucro, incluindo 300 milhões de tratamentos dispersáveis, desenvolvidos pela Novartis em colaboração com a MMV, sobretudo para o sector público dos países onde a malária é endémica.

Muito embora possa ser evitada e tratada, a malária continua a matar uma criança a cada dois minutos e ameaça as vidas de muitas outras. É causada por parasitas que são transmitidos às pessoas através de picadas de mosquitos infectados. É necessário um conjunto abrangente de intervenções de modo a erradicar a doença, incluindo mosquiteiro e pulverização com vista à prevenção, bem como ferramentas de diagnóstico e fármacos para tratar a doença e impedir a sua transmissão.ANG/ APO (African Press Organization) .


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw