Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Segunda, 10 de Dezembro de 2018
Todas as categorias
Política
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Tomada de posse/ Quatro novos membros do governo investidos nas funções

2016-06-17

(ANG) - O Presidente da República empossou hoje quatro novos membros do governo nomeadamente, o Ministro dos Negócios Estrangeiros, Soares Sambú, do Interior, Botche Candé, dos Recursos Naturais, Epifânio Carvalho de Melo e o Secretario de Estado de Orçamento e Assuntos Fiscais, José Adélio Vieira.



Na cerimónia o Primeiro-ministro, Baciro Djá disse que a aceitação do cargo por porte do Botche Candé “é um exercício da cidadania e responsabilidade sobretudo no momento em que o país se encontra”.

Boche Cande havia recusado a primeira solicitação para ocupar o cargo, que lhe fora feita, via telefone, pelo chefe de estado, José Mário Vaz, conforme as suas próprias revelações.

Candé é dirigente do PAIGC, partido vencedor das últimas eleições e que se encontra de costas com a Presidência da Republica e o Primeiro-ministro, chegou ao ponto de declarar publicamente que não trairia o seu partido, quando dirigentes e militantes do PAIGC se surpreenderam com o anúncio do seu nome no novo elenco governamental.

Fez parte do governo de Simões Pereira e foi demitido antes da exoneração do governo, na sequência de um incidente com os rebeldes de Casamance que o impediram, na qualidade ministro do interior, de visitar uma parte do território guineense ocupado por uma fação dos rebeldes.

No governo de Carlos Correia, recentemente demitido, o seu nome fora indicado pelo Primeiro-ministro Carlos Correia para esse lugar mas o Presidente da Republica rejeitou a proposta.

O novo primeiro-ministro o considera um homem trabalhador “ e comprometido com o seu pais”.

Por seu turno novo Ministro do Interior disse que conta com apoio dos guineenses e dos parceiros internacionais do país para tornar a sua missão mais leve.

Botche Candé agradeceu a confiança depositada na sua pessoa pelo Presidente da República e o Chefe do Governo, frisando que no momento a sua maior preocupação, tem a ver com o combater aos problemas existentes no seu ministério: acabar com a vingança e estabilizar o país através de paz duradoura.

Questionado sobre qual será a sua relação com o seu partido depois de aceitar a nomeação, Botche Candé voltou a afirmar que nunca vai atrair o PAIGC e que a sua relação com o partido é muito saudável, acrescentando que vai continuar a lutar na defeso do povo e do partido.

“ Fiz uma carta ao partido para o dar conhecimento sobre a minha decisão e recebi a resposta, só que não posso revelar o conteúdo da carta que recebi da parte da estrutura do PAIGC. E não passa pela minha cabeça vir a ser sancionado porque todos nos militantes do partido estamos interessados para que o país tenha a paz” disse.

Assistiram a cerimónia, sem intervenção do Presidente da Republica, membros de governo, representantes da comunidade internacional radicados no país e de autoridades judiciais, entre outros.

Com a investidura dos quatro fica agora completo o novo governo liderado por Baciro Djá.

ANG/MSC/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw