Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Quarta, 23 de Agosto de 2017
Todas as categorias
Cultura
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Cultura/ Nigga Nbay pede homenagem ao rapper Izy-Boy

2016-06-20

(ANG) – O rapper guineense do agrupamento “Baloberos” Adulai Djau vulgo Nigga Nbay, apelou hoje aos colegas músicos da nova geração sobretudo do estilo rapp, para promoverem um concerto musical, em homenagem ao colega ,Izy Boy, falecido recentemente.



Em entrevista exclusiva à Agência de Notícias da Guiné (ANG), Nigga Nbay pediu a classe que organizasse um concerto para homenagear o colega, angariando fundo para apoiar a família enlutada.

De acordo com Nigga Nbay, o seu primeiro contacto com o malogrado, foi em 2001 em Bissau, e nessa altura Izy Boy era mais experiente em termos de fazer a música, porque já vinha de um agrupamento mais maduro.

“Aprendi bastante com ele, foi o primeiro rapper que me encorajou a escrever minhas primeiras rimas. Participava sempre nos ensaios que eu fazia com os colegas e na altura comecei dando ajuda nas falhas que tínhamos em termos de enquadrar o instrumental”, disse Nigga Nbay.

Por outro lado, o Rapper acrescentou que mais tarde com a ida dos dois colegas para o estrangeiro no mesmo ano 2001, decidiu se juntar ao falecido rapper e formaram RMB Daw Tchau, agrupamento que juntos trabalharam até a ida de Nigga Nbay para Baloberos, em 2008.

“Mas a minha saída para Baloberos nunca afetou a nossa relação, porque Izy para mim é como um irmão. Nós conhecemo-nos bem e conheço quase toda a sua família, assim como ele conhece a minha”, explicou.

Nigga Nbay informou que na altura em que decidiu ir para o agrupamento Baloberos, o falecido Izy Boy percebeu-lhe na sua decisão e continuaram as suas relações porque considerou a decisão um destino da vida”, revelou o rapper.

Para Nbay, o desaparecimento físico de Izy Boy deixou muita falta no seio dos rappers guineense, “porque é um grande combatente deste estilo e muito cedo dedicou a sua vida à esse caminho tendo enfrentado vários obstáculos e, mesmo assim, seguiu a frente até nos últimos dias da sua vida.

Izy Boy nasceu no dia 05 de Abril de 1988, foi um dos fundadores de Agrupamento RMB Daw Tcau em 2001, gravou vários maquetes em CD no agrupamento assim como ao solo, tendo falecido no passado dia 15 do corrente mês.ANG/LLA/AC/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw