Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Quinta, 19 de Outubro de 2017
Todas as categorias
Cultura
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Cacheu/ Inauguração do Memorial da Escravatura e do Trafico Negreiro

2016-07-07

(ANG) - O Governo regional de Cacheu, em parceria com a ONG AD-Acção para o Desenvolvimento , AIN onlus, COAJOQ, e a Fundação Mário Soares inaugurará sexta-feira o Memorial da Escravatura e do Trafico Negreiro de Cacheu, realizado no quadro do Projeto “Cacheu, Caminho de Escravos”, cofinanciado pela União Europeia.



Segundo um comunicado da EU enviado a ANG, para além da apresentação do Memorial e a visita à exposição permanente, haverá breves conferências temáticas sobre história da escravatura e do tráfico, Cacheu património histórico, dinâmicas territoriais, bem como animação de grupos culturais locais.

O Memorial da Escravatura e do Trafico Negreiro de Cacheu contribui para a compreensão da identidade histórica dos africanos e dos guineenses e para a construção de uma memória partilhada que possa favorecer a justiça social e a paz.

Para além do seu valor histórico e cultural, com o Memorial pretende- se tornar Cacheu um polo de atratividade turística e de dinamização comunitária, induzindo externalidades positivas à economia regional, favorecendo a apropriação dos processos de produção e promoção cultural por parte dos seus protagonistas, particularmente agentes e promotores culturais.

O projeto “Cacheu Caminho de Escravos”, implementado no período 2012-2016 pela ONG AD-Acção para o Desenvolvimento, em parceria com AIN onlus, COAJOQ, Fundação Mário Soares e Governo Regional de Cacheu, visa promover o resgate e a vulgarização da cultura e história de Cacheu, promoção da cultura e a identidade local como meio de redução da pobreza, criando riqueza através de novas atividades económicas, potenciação da diversidade cultural étnica enquanto fator de paz, desenvolvimento e unidade nacional para uma imagem multicultural da Guiné-Bissau.

A cerimónia contará com a presença do Ministro da Juventude Cultura e Desportos Tomas Gomes Barbosa e do Embaixador da União Europeia em Bissau, Victor Madeira.ANG/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw