Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Segunda, 20 de Novembro de 2017
Todas as categorias
Saúde
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


VIH/SIDA/ Guiné-Bissau e Senegal reforçam cooperação ao nível de controlo de pacientes

2015-07-31

(ANG) - Os participantes do encontro sectorial de concertação transfronteiriço realizado Quinta-Feira pela Célula de Luta Contra Sida e a ONG ENDA Santé na vila de São-Domingos recomendaram entre outros, o reforço da cooperação entre a Guiné-Bissau e Senegal no combate ao VIH/SIDA.



Os seminaristas recomendaram ainda a institucionalização do Fórum, bem como a concertação permanente ente as duas estruturas sanitárias.

Segundo o Coordenador Interino da ONG Enda Saude o encontro transfronteiriço entre as regiões sanitárias de Cacheu e Farim da parte guineense e de Zinguinchor da parte senegalesa, representam espaços de concertação e de gestão das fronteiras entre as regiões sanitárias acima descritas.

Mamadú Aliu Djaló referiu que há muita mobilidade de pacientes com VIH que são muito vulneráveis, pelo que é necessário fazer uma concertação para o melhor funcionamento.

“ As vezes existem pacientes da Guiné-Bissau, que por causa do desconhecimento do seu paradeiro é dado como desaparecido. Mas que as vezes podem estar no Senegal a receber o tratamento e vice-versa", explicou.

Aquele responsável disse que é necessário ter referencias das duas partes para melhor controle e acompanhamento dos pacientes.

Falando no enceramento do encontro, o Secretário Regional de Administraçao de Cacheu, Sene Banora, agradeceu aos participantes e aos técnicos de saúde dos dois países, tendo salientado que a saúde não tem fronteira.

" Se tudo isso é possível na saúde, porque não em outras áreas, como por exemplo comércio, indústria e outros", questionou aquele responsável.

Sene Banora disse ter ficado muito preocupado com os dados das taxas de prevalência revelados, tendo pedido as organizações que intervém na área tanto do governo como as ONGs a redobrarem os seus esforços para que essa taxa baixasse.

No encontro participaram, entre outros, técnicos da Enda Saúde de Bissau e Senegal , técnicos de Hospital de Ziquinchor , Hospital Nacional Simão Mendes ,Policias locais , Representante do Administrador do sector entre outros .

ANG/MSC/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw