Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Segunda, 25 de Setembro de 2017
Todas as categorias
Infra-estruturas
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Ensino Superior/ Instituto Jean Piaget disponibiliza livros para ensino guineense

2015-07-31

(ANG)-O Instituto Jean Piaget de Portugal vai colocar o seu acervo bibliográfico ao serviço da Guiné-Bissau, anunciou quinta-feira em Bissau, o Secretário-geral do referido instituto, Rui Tomas.



Segundo um comunicado do Conselheiro do Primeiro-ministro para Informação e Comunicação, a intensão foi comunicada ao Domingos Simões Pereira no decurso da audiência que o chefe do governo concedeu quinta-feira a uma delegação do Jean Piaget que se encontra de visita ao pais.

Rui Tomas referiu que o investimento do grupo no país constitui uma aposta de longo prazo, e tem como objetivo reforçar o sistema do ensino superior. Anunciou que o grupo prevê levar a cabo um programa de intercâmbio entre professores e estudantes das instituições do grupo.

Uma universidade liga o grupo à Guiné-Bissau há já vários anos.

Segundo o reitor da Universidade Jean Piaget da Guiné-Bissau, Aladje Baldé, o laboratório da Universidade, por intermédio de brigadas de emergência, tem colaborado na realização de testes e despistagens, em particular do Ébola e HIV, colaboração essa que permitiu a produção de informações laboratoriais de excelente nível, e enquadrar os quadros nacionais recém-qualificados.

Baldé disse que no próximo ano lectivo vão abrir um curso de fisioterapia e implementar uma clinica social para atender as necessidades das populações mais carenciadas.

O Primeiro-ministro agradeceu o gesto, assegurando aos responsáveis da Jean Piaget de que podem contar com o apoio do governo visto que o pais precisa de Ensino Superior.

“O nosso compromisso enquanto Governo é identificarmos juntos os problemas e propormos soluções alternativas viáveis que minimizem as dificuldades, contribuindo para que a oferta de qualificação seja efetiva... É agora a melhor altura de o fazermos”, disse Simões Pereira.

Em relação as publicações, o Primeiro-ministro sugeriu que fossem distribuídas as bibliotecas das escolas secundárias, considerando que os espaços podem ser remodelados e equipados, a fim de acolher os livros e funcionar simultaneamente como o espaço digital de apoio à pesquisa dos alunos e professores.

O Chefe do executivo guineense também recomendou uma parceria entre a editora do Instituto Jean Piaget e a Editora Escolar da Guiné-Bissau, com o propósito de reforçar a capacidade institucional e operacional e possibilitar a coedição das obras nacionais, bem como das dissertações que serão produzidas na Universidade Piaget da Guiné-Bissau.

ANG/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw