Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Sábado, 23 de Setembro de 2017
Todas as categorias
Ensino
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Media/ Jornalistas estudantes da Lusófona recebem certificados de formação em matéria de funcionamento da União Europeia

2016-08-02

(ANG) – Cerca de trinta jornalistas de diferentes órgãos de comunicação social públicos e privados, estudantes na Universidade Lusófona da Guiné receberam segunda-feira os seus certificados de participação numa Ação de formação sobre o funcionamento e Ação Externa da União Europeia no país.



O evento que decorreu de 12 à 15 de Julho findo, foi organizado pela Delegação da União Europeia na Guiné-Bissau em parceria com a Universidade Lusófona da Guiné e facultou aos profissionais dos media conhecimentos gerais sobre a missão da organização comunitária europeia e dos projetos por ele financiados no país.

Durante os quatro dias do seminário os jornalistas participantes foram habilitados com conhecimentos e informações da parte dos peritos dos oito projetos financiados pela União Europeia e das suas vantagens no desenvolvimento da Guiné-Bissau.

Os trabalhos deste seminário foram encerrados com a apresentação por diferentes grupos das reportagens sobre oito projetos actualmente em curso no país com financiamento da União Europeia.

A cerimónia decorreu nas instalações da Universidade Lusófona da Guiné na presença do embaixador da União Europeia, Victor Madeira dos Santos.

Em declarações à imprensa no evento, o chefe da União Europeia no país afirmou que a referida formação atesta a importância que a organização que dirige atribui aos órgãos de comunicação social como pilares e motores da democracia.

¨Queremos ajudar na formação dos seus profissionais para que melhor compreendam o funcionamento da União Europeia com vista a melhor desempenharem a sua missão principal que é a de informar¨, explicou.

Victor Madeira dos Santos garantiu que a delegação continuará a promover iniciativas do género, acrescentando que já se esboçam os planos para o próximo ano letivo, como forma de dar a conhecer as atividades promovidas pela União Europeia no país e se aproximar, cada vez mais, dos guineenses com concursos dos meios de comunicação nacionais.

Para o Reitor da Universidade Lusófona da Guiné, Rui Jandi, começou por realçar o apoio concedido pela União Europeia no domínio de formação dos estudantes daquela instituição do ensino superior.

¨A Universidade Lusófona vai registar o acto com muito agrado e será mais um contributo da União Europeia ao processo do desenvolvimento socioeconómico da Guiné-Bissau¨, disse.

Salvador Gomes, que falou em nome dos estudantes seminaristas, fez votos para que mais ações de formação de género houvesse.

¨Estamos nessa profissão e não se pode pensar que sabemos tudo. Temos as nossas deficiências e dificuldades mas a meta é a cada dia e em cada possibilidade, puder aperfeiçoar as nossas condições profissionais¨, disse Salvador Gomes.

Pediu votos para que houvesse mais iniciativas do género, acrescentando que a União Europeia é um parceiro internacional importante para a Guiné-Bissau, pelo que as suas ações devem chegar ao conhecimento das populações.ANG/ÂC/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw