Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Segunda, 20 de Novembro de 2017
Todas as categorias
Saúde
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Saúde animal/ Arranca em breve campanha nacional de vacinação contra raiva

2016-09-01

(ANG) – O secretário de Estado da Segurança Alimentar anunciou hoje o arranque, dentro em breve, da campanha nacional de vacinação contra a raiva.



Mário Martins disse que a referida doença pode causar mortes aos seres humanos quando forem vítimas de mordedura de cães.

“São muitas pessoas que já perderam vidas em consequência da mordedura de cães e por falta de tomada das diligências necessárias”, explicou.

O governante salientou que a situação só pode ser minimizada com uma campanha de vacinação, tanto assim que no próximo dia 28 de assinala “O Dia Mundial de Luta contra a Raiva”.

Segundo o Diretor-geral, o objectivo da referida Campanha de Vacinação é de atingir 12 mil animais principalmente cães, gatos e macacos que estão a ser domesticados em casa.

Perguntado sobre qual vai ser o empenho da sua instituição na criação das Farmácias Veterinárias em todo o território nacional, Bernardo Cassamá disse que existe uma Farmácia Central em Gabu, aberta no quadro do projecto Organização para Aproveitamento da Bacia do Rio Gâmbia(OMVG) e que engloba as regiões fronteiriças.

Aquele responsável sublinhou que a referida Farmácia Central veterinária só precisa de ser apetrechado de medicamentos, de forma a poder abastecer as outras regionais.

“Temos uma farmácia sectorial em Pitche, uma em Pirada e outra em Bafatá”, disse.

Bernardo Cassamá afirmou que o fracasso das referidas farmácias tem a ver com a falta de hábito de criadores de animais em adquirir medicamentos para as suas crias nessas farmácias.

Declarou que os preços que se praticam na venda de medicamentos nessas farmácias veterinárias são acessíveis de forma a permitir que cada criador tenha acesso e evitar de ir as feiras populares(Lumos) compra-los, em muitas situações, fora de prazos.

ANG/ÂC/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw