Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Terça, 18 de Dezembro de 2018
Todas as categorias
Política
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Política/ Presidente da República aponta desunião dos guineenses como motivo da crise

0000-00-00

(ANG) - O Presidente da República, José Mário Vaz considerou a falta de união no seio da sociedade guineense como principal motivo da crise em que se encontra mergulhada o país.



José Mário Vaz falava quinta-feira na cerimónia de despedida de mais de 300 fiéis muçulmanos que deixaram o país com destino a Cidade Santa de Meca para cumprir o quinto pilar do islão.

“O Deus é que está acima de tudo, por isso peço que vos acompanha bem e que o nosso país alcance a paz e segurança de modo a promover o desenvolvimento e bem-estar ”, disse o Presidente da República.

Mário Vaz acrescentou que, na qualidade de chefe de Estado, tem por função procurar consenso entre os guineenses a fim de promover a estabilidade para o povo.

“Muitas das vezes o que torna as situações mais difíceis são os interesses pessoais. Mais na realidade, o mais importante é pensar o país”, destacou.

José Mário Vaz desejou boa viagem aos fiéis e pediu que rezassem para o bem da Guiné-Bissau, sublinhando que o país precisa de apoio de todos para sair da situação de crise em que se encontra.

ANG/AALS/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw