Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Segunda, 10 de Dezembro de 2018
Todas as categorias
Política
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Política/ Presidente da República está otimista quanto a resolução da crise política

2016-09-14

(ANG) – O Presidente da República disse que o país sairá da atual crise com que se depara e será construído no decurso do seu mandato.



José Mário Vaz que falava no almoço oferecido quinta-feira aos membros do Comité Central do PAIGC, Imames e o seu Movimento de Apoio nas últimas eleições, disse que convocou o encontro nas vésperas do Tabaski, a fim de, em conjunto, procurarem uma solução para a crise.

Lembrou que o seu mandato completou dois anos e que a sua missão como Presidente da República é unir o povo e construir o país, uma tarefa que reconhece não ser fácil.

O chefe de Estado afirmou na ocasião que tem a plena consciência de que será capaz de resolver os principais problemas da Guiné-Bissau e foi por isso que aceitou o desafio.

Disse acreditar que a atual crise será ultrapassada, e salientou que nenhuma nação pode ser próspera com divergências.

José Mário Vaz afirmou que os guineenses estão habituados a corrupção e que ele não terá medo de combatê-la.

O chefe estado disse que a sua maior preocupação é pôr o dinheiro do Estado no cofre do Estado.

“Se todos aceitassem fazer isso podem ter a certeza que, a curto prazo, o país vai sair da situação em que se encontra”. disse.

Apelou à todos para conversarem com o Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo-Verde (PAIGC), o Partido da Renovação Social (PRS) e os 15, deputados expulsos do PAIGC “porque chegou o momento de unirem e se sentarem a mesma mesa para ultrapassarem as divergências”.

Por sua vez, o Presidente do Movimento de Apoio ao JOMAV, Botche Candé apelou à população para sair às ruas sábado para receber os chefes de Estados dos países vizinhos que virão mediar a crise política vigente no país.

ANG/JD/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw