Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Quinta, 19 de Outubro de 2017
Todas as categorias
Desporto
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Futebol/ Dois guineenses entre os jovens mais talentosos do mundo

2016-10-07

(ANG) - Os futebolistas de origem guineenses, José Gomes e Domingos Quina, integram a lista de 60 jovens mais talentosos do futebol mundial, divulgou o jornal inglês “The Guardian”.



A escolha envolve futebolistas nascidos em 1999 e Portugal é um dos quatro países que é representado por três atletas, José Gomes, Domingos Quina e Digo Dalot. Os outros são da Bélgica, Brasil e Espanha.

José Gomes, conhecido entre amigos aqui em Bissau por “Zé golo”, jovem avançado de 17 anos, que Rui Vitoria lançou no plantel principal do Benfica, é sem margem para duvidas um dos futebolistas mais talentosos das águias de Lisboa.

“Impressiona pela qualidade à todos aqueles que o vêm a jogar, refere o jornal.

Antigo jogador da Academia Vitalaise em Bissau que foi grande figura do Europeu de sub-17 que Portugal venceu este ano no Azerbaijão, demonstra em cada jogo, que pode vir a tonar uma referência do futebol encarnado e, quem sabe, até mundial.

Domingos Quina, outro jovem luso guineense, é filho de Samuel Quina, antigo central de Benfica e Boavista, é medio do West Ham da primeira liga inglesa do futebol.

O criativo de origem da Guiné-Bissau, com apenas 16 anos, é um dos talentosos da nova geração e não passou despercebido ao Chelsea, que o contratou ao Benfica em 2012, nem ao West Ham, que o contratou este ano e já o lançou na equipa principal.

Quina que a par de José Gomes, foram uma das grandes sensações do europeu de sub-17, também era cobiçado por outras equipas de topo em Inglaterra, nomeadamente Manchester United, Arsenal e Liverpool, e até chegou a ser dado como certo no Arsenal, mas optou por vincular-se ao West Ham. ANG/Jornal The Guardian


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw