Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Quinta, 13 de Dezembro de 2018
Todas as categorias
Política
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Crise política/ Padre Domingos da Fonseca considera de triste declaraçâo do presidente da Sociedade Civil

2016-10-24

(ANG) - O Presidente da Comissão Organizadora da Conferência Nacional para Reconciliação Nacional considerou de triste a declaração do presidente do Movimento Nacional de Sociedade Civil guineense de que não foi determinado, em Conacri, o nome de o novo primeiro-ministro.



Em declarações à Rádio Sol Mansi, o Padre Domingos da Fonseca, que igualmente foi o representante dos Bispos da Guiné-Bissau na mesa redonda de Conacri para a mediação da crise guineense explicou que durante a reunião de Conacri as partes saíram com uma “indicação concreta” de quem seria o novo primeiro-ministro.

Padre Domingos da Fonseca remete a responsabilidade ao Presidente da República no que concerne o anúncio ao público da figura escolhida na mesa redonda da Guiné-Conacri.

“Quando escutei as palavras do líder do Movimento da Sociedade Civil fiquei muito triste. Continuamos a criar confusões na cabeça do povo e isto não é bonito. Nós, os líderes religiosos e a sociedade civil, somos os últimos a serem recebidos pelos mediadores e o que nos disseram foi que já tiveram candidatos ao cargo do primeiro-ministro, mas não serão eles a anunciar os nomes”, Explicou.

Acrescentou que lhes disseram que foi mandado os três nomes onde um será escolhido e que saíram da Guiné-Conacri com a garantia de que já foi escolhido um nome para liderar o próximo governo.

Na quarta-feira (19), o presidente do Movimento Nacional da Sociedade Civil afirmou, durante uma conferência de imprensa, que “não foi determinado em Conacri quem seria o novo Primeiro-ministro entre as três figuras propostas”.

Jorge Gomes disse igualmente que ficou acordado que o mediador vai tentar convencer o presidente da república para nomear uma figura do PAIGC “para acalmar os ânimos”.

A expectativa continua em relação ao anúncio de um novo Primeiro- ministro. Esta quinta-feira, o presidente da república disse que começaria hoje a auscultar as partes. O chefe de estado dissera que a escolha de um novo primeiro-ministro vai depender de todas as partes implicadas.

ANG/Rádio Sol Mansi


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw