Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Terça, 26 de Setembro de 2017
Todas as categorias
Economia
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Finanças/ FMI promete retomar programa de saneamento financeiro com a Guiné-Bissau

2016-11-03

(ANG) - O Fundo Monetário Internacional (FMI) promete retomar o programa de saneamento financeiro com o Governo da Guiné-Bissau se até Dezembro Bissau executar uma série de compromissos a nível da gestão das finanças públicas.



O referido programa fora suspenso na sequência de um alegado resgate financeiro decidido pelo anterior executivo, e que havia sido desaconselhado pelo FMI devido aos custos que acareta para o tesouro publico.

Para já o FMI dá nota positiva ao desempenho do actual governo guineense, nomeadamente, pela melhoria substancial da economia na ordem de 5.4por cento em 2016.

Esse ganho deveu-se a exportação do caju, principal produto comercial do país.

Em 2016, a Guiné-Bissau teve uma exportação recorde de 190 mil toneladas da castanha do caju, referiu Óscar Melhado, representante do FMI em Bissau em declarações à RFI.

"A mensagem principal deste relatório é que houve crescimento sobretudo do sector do caju. Esse benefício deu duas coisas; um bom preço internacional e um bom nível de produção", afirmou Óscar Melhado.

O Fundo Monetário apresentou na terça-feira o relatório do desempenho macroeconómico dos países da África subsariana, e sobre a Guiné-Bissau perspectivou um tempo de bonança desde que venham a ser executadas uma série de compromissos, nomeadamente o alargamento da base tributaria, maior rigor nas despesas públicas e a apresentação do orçamento geral de Estado aprovado pelo Parlamento.

Se tudo for concretizado, em Dezembro o conselho de administração do FMI irá, sem duvidas, aprovar a retoma da cooperação com a Guiné-Bissau, adiantou Oscar Melhado.

ANG/RFI


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw