Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Sexta, 24 de Novembro de 2017
Todas as categorias
Sociedade
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Voz do povo/ “O sucesso do novo governo vai depender do entendimento da classe política”, dizem alguns cidadãos

2016-11-23

(ANG) – Alguns cidadãos guineenses consideraram hoje fundamental o entendimento entre os políticos do país para o sucesso do novo governo, caso contrário a Guiné-Bissau vai continuar na crise que já dura há mais de um ano.



Numa auscultação feita pela ANG os cidadãos entrevistados pediram maior ponderação e bom senso da classe política do país com vista a viabilizar o Governo de Umaro Sissoco” porque o povo já sofreu muito”.

Suncar Baldé, funcionário da Imprensa Nacional disse que ainda é cedo para avaliar o novo chefe de Governo uma vez que a Guiné-Bissau é um país muito complicado e o primeiro-ministro é pouco conhecido na praça pública.

Para ele, não basta ao Umaro Sissoco conviver com grandes figuras mundiais para governar bem. Tem que saber gerir a situação de momento, isto é negociar com partidos que estão representados no parlamento.

Contudo, Suncar elogiou o acto de Umaro Sissoco entabular contactos com os partidos políticos com vista a formar o seu governo, acrescentando que ele, deve continuar na senda do diálogo para viabilizar o seu executivo.

Por sua vez, a cidadã Geraldina Carvalho de Alvarenga, residente no bairro de Bandim disse que Umaro Sissoco já está a dar provas da sua nomeação. E que exemplo diss, é a diligência feita e que culminou com a suspensão da greve no sector educativo.

Geraldina disse ter a esperança de que Umaro Sissoco fará ainda melhor do que os seus antecessores, tendo pedido o entendimento no meio dos políticos para o bem do país.

O cidadão Valdo Gomes da Costa, residente no bairro de Bandim disse esperar que o novo primeiro-ministro faça inovação na forma de governar para que o seu governo possa ser diferente no sentido positivo.

Gomes da Costa destacou que as sucessivas quedas do executivo não ajudam em nada a estabilidade do País.

“Já estamos cansados de votar e escolher os nossos governantes num país em que o direito dos cidadãos não são respeitados. Se não vejamos: estamos sem escolas, os jovens não têm emprego, o nosso Estado está refém dos países vizinhos porque eles é que ditam as regras a serem seguidas pelos guineenses ou seja estamos num país onde o futuro é uma incógnita, mas não vamos cruzar os braços”, disse o estudante universitário.

Seco Djamanca, estudante do 12o ano, no Liceu Nacional Kwame Nkurmah, cdisse que a expectativa em relação a nomeação de Umaro Sissoco é grande,razão pale qual pede a colaboração entre políticos para a saída da crise, que segundo ele, podia ser evitada se os actores políticos abdicassem dos seus interesses pessoais e servissem ao povo .

Disse que, se o Programa de Governo fosse aprovado no Parlamento seria uma vitoria para todos, e que caso contrário voltaremos a estaca zero, o que seria muito lamentável.

ANG/MSC/ÂC/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw