Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Quinta, 13 de Dezembro de 2018
Todas as categorias
Política
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Política/ Vicente Fernandes acusa presidente José Mário Vaz de tentar destabilizar o PCD

2016-11-28

(ANG) – O líder do Partido da Convergência Democrática (PCD) Vicente Fernandes acusou o chefe de Estado, José Mário Vaz de ser o protagonista da actual crise política no seio do seu partido.



Fernandes que falava à imprensa na sexta-feira em reacção a decisão do Supremo Tribunal de Justiça que o confirma como presidente legítimo do PCD, acrescentou que o presidente da Republica tentou provocar uma rotura interna, a semelhança do que acontece com o PAIGC.

O líder do PCD admitiu a possibilidade de desencadear accoes com vista a destituição de José Mário Vaz caso não abdicasse das suas acções de interferências nos assuntos daquela formação política.

O Supremo Tribunal de Justiça indeferiu o pedido de anotação das resoluções saídas na reunião da Comissão Politica Nacional desta formação política realizada em Bafatá, nos dias 05 e 06 de Novembro deste ano, à revelia das orientações da direcção liderada por Vicente Fernandes.

Em consequência, ficou sem efeito a decisão tomada nessa reunião de Bafatá segundo a qual Vicente Fernandes é suspenso das funções de presidente do partido, e que o ex-presidente do PCD, Victor Fernandes passe a ser o presidente interino do PCD.

Entretanto, Victor Mandiga, deputado do PCD disse não concordar com a decisão do Supremo Tribunal de Justiça, alegando ser um acto singular e não colectiva.

Mandinga acusou Vicente Fernandes de integrar o executivo do PAIGC sem uma consulta prévia aos órgãos do partido.

ANG/LPG/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw