Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Domingo, 24 de Setembro de 2017
Todas as categorias
Justiça
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Caso Orlando Viegas/ Antigo Director-geral dos Portos de Bissau entre os condenados a seis anos de prisão efectiva

2016-12-02

(ANG) – O antigo Director-Geral da Administração dos Portos da Guiné-Bissau (APGB), Augusto Cabi está entre as quatro pessoas condenadas quinta-feira pelo Tribunal Regional de Bissau a 6 anos de prisão efectiva e multa de 35 milhões de francos Cfa cada pelo espancamento do ex. secretário de Estado dos Transportes e Comunicações no Governo de Transição, Orlando Viegas.



De acordo com a sentença proferida pelo Tribunal Regional de Bissau, Augusto Cabi e mais três dos envolvidos no caso foram acusados de crime de ofensas corporais contra o dirigente do PRS, maior partido na oposição.

A saída do tribunal o advogado do ex. Director Geral da APGB, Armando Mango disse discordar com a decisão da justiça, alegando falta de provas.

Armando Mango declarou que que vai recorrer da sentença.

“O tribunal condenou ao meu cliente à seis anos e seis meses de prisão efectiva. Nós discordamos veementemente com essa decisão da justiça uma vez que não houve nenhuma prova sobre a implicação do Augusto Cabi nas ofensas corporais que terá sofrido o Orlando Mendes Viegas”, disse tendo considerado o acto de “grande injustiça”.

Alex Bassuco advogado de Armando Incada um dos arguidos absolvido congratulou-se com a decisão daquela instância judicial, salientando que a deliberação mostra claro que o tribunal não consegue provar nada em relação a ele, tendo salientando que na sua opinião todos deviam ser absolvidos.

Por seu lado,Basílio Sanca, advogado de Orlando Mendes Viegas disse não estar de acordo com a sentença porque esperava mais do tribunal, tendo em conta a gravidade da situação, uma vez que a acçao chocou toda a sociedade e denegriu a imagem das instituições públicas, pelo que os culpados deviam merecer penas mais pesadas.

Basilio Sanca salientou contudo que ficou um exemplo de que a sociedade deve ser disciplinada.

Orlando Mendes Viegas, na qualidade de Secretario de Estado dos Transportes e Comunicações foi violentado a caminho de sua residência pelo grupo agora condenado, por razões pouco conhecidas mas que se acredita estarem relacionadas as reformas que decidiu implementar ao nível da administração dos portos de Bissau.

Em consequência do espancamento de que fora alvo, Mendes Viegas, secretário de Estado do Tesouro, no demitido governo liderado por Baciro Djá, teve mesmo que ser evacuado para tratamento médico no estrangeiro.

ANG/Rádio Jovem


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw