Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Terça, 26 de Setembro de 2017
Todas as categorias
Sociedade
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Sociedade civil/ Movimento de Cidadãos Inconformados pede renuncia do presidente José Mário Vaz

2016-12-06

6(ANG) - O Movimento de Cidadãos Conscientes e Inconformados (MCCI) com a crise política na Guiné-Bissau voltou a pedir o afastamento do presidente guineense, José Mario Vaz, da chefia do Estado.



Segundo a RFI, o Movimento voltou a afirmar a sua determinação de ver José Mário Vaz partir da presidência e acusam-no de ser o responsável pelo impasse político que se verifica no paí s.

O advogado Sana Canté é o presidente do Movimento que reagrupa essencialmente jovens que não concordam com a crise política. Este afirmou nomeadamente que "o Presidente da República tem que renunciar das suas funções porque revelou ser incapaz de pôr fim à crise que ele criou".

Na quarta-feira, o Movimento de Cidadãos Inconformados com a Crise Política, terá uma audiência com uma delegação da Comissão dos Assuntos Políticos da ONU que se encontra de visita à Bissau.

Será ocasião para que o Movimento transmita à ONU que a solução da crise guineense passa necessariamente pela renúncia do Presidente José Mário Vaz.

Os jovens do Movimento prometem intensificar a luta e anunciam uma manifestação já no próximo sábado em Bissau.

Esta segunda-feira o Movimento fez seguir para o tribunal da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental(CEDEAO), uma queixa-crime contra o Estado guineense que acusa de proibir as manifestações dos Cidadãos Inconformados com a Crise Política.

ANG/RFI


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw