Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Terça, 26 de Setembro de 2017
Todas as categorias
Justiça
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Violencia e Genero/ "Não se pode falar da paz enquanto metade da população sofre de violência", diz Primeira-Dama

2016-12-09

(ANG ) – A Primeira Dama afirmou quarta-feira que não se pode falar da paz quando mais de metade da população na Guiné-Bissau sofre com a desigualdade e violência baseada no género.



Mária Rosa Vaz, que falava no acto de encerramento de um seminario organizado pela Rede de Mulheres Mediadoras disse que mais metade das mulheres guineenses continua ainda sujeita a várias formas de violências, nomeadamente estrutural, social, física e psicológica.

"Tudo isso contribui para a exclusão ou afastamento das mulheres na esfera de decisão", enfatizou a Primeira-Dama, que advogou para a paz entre homens e mulheres, pois, como disse, este conceito nao pode ser separado do do desenvolvimento.

Rosa Vaz adiantou que a criacao da nova Rede significa uma esperança de que é possível por cobro barreiras culturais, sociais e religiosas e promover igualdade de género e o direito humano das mulheres.

A concluir, prometeu apoiar a nova Rede, a qual espera que venha a contribuir na consolidação da paz no país rumo ao desenvolvimento.

ANG/Radio Jovem


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw