Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Segunda, 17 de Dezembro de 2018
Todas as categorias
Política
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Política/ PAIGC condena alegada tentativa de silenciar partidos políticos e sociedade civil

2017-01-05

(ANG) - O Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) condena o que considera de tentativa de silenciar os partidos políticos e as organizações da sociedade civil do país por parte do Presidente da Republica.



Num comunicado à imprensa a que à ANG teve hoje acesso, os libertadores declararam que vão reforçar as suas mobilizações para o combate às alegadas acções ditatoriais

“O PAIGC regista com elevada apreensão a nova onda de intimidação e perseguição lançadas por José Mário Vaz após ameaças difundidas nos órgãos de comunicação social com evocação da competência para o recurso à prisão, tortura e assassinato contra todos os que não se conformem com a política ditatorial a ser implementada no país”, refere o documento.

No comunicado o PAIGC revela que recebeu notas de convocação pelo Ministério Público do seu líder e de outras formações políticas.

“Este comportamento é errático e selectivo do Ministério Público, porquanto fiscal da legalidade democrática e do interesse público e social ao manter no silêncio e impavidez perante as ameaças do Presidente da República”, considerou o comunicado.

ANG/AALS/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw