Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Sexta, 18 de Agosto de 2017
Todas as categorias
Desporto
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


CAN2017/ Djurtus goleiam selecção local de sub 23 por 4 bolas à 0 no último jogo treino

2017-01-06

(ANG) - A selecção nacional A goleou quinta feira, a selecção local de sub 23, por 4-0, no último jogo de preparação com vista a sua participação no Campeonato Africano das Nações que começa dia 14 deste mês, no Gabão.



O jogo foi realizado no Etádio Nacional 24 de Setembro que estava muito bem vestida do público nas bancadas, principalmente A.

Os golos da selecção principal foram apontados por Zezinho Lopes aos 26 minutos na conversão de grande penalidade, Abel Camará aos 36 minutos, Idrissa Camará aos 76 e Francisco Junior (Santos) aos 82 minutos, também de grande penalidade.

Apesar do resultado volumoso as duas equipas apresentaram uma partida equilibrada nos primeiros 20 minutos da partida, onde era visível a organização defensiva na equipa principal, mas com grandes dificuldades em organizar o jogo na zona intermediária e ofensiva.

A selecção de sub 23 não facilitou a tarefa dos comandados de Baciro Candé, através da pressão ofensiva durante os primeiros 45 minutos, mas apesar dessa pressão não foram eficazes na zona de finalização, apesar de várias oportunidades criadas.

Baciro Candé apresentou algumas alterações na frente de ataque do 11 inicial em relação ao último jogo frente ao Congo, com entradas de Leocísio Sami, na ala esquerda, Toni Sá Brito na direita e Abel Camará na frente de ataque.

Em relação a barra defensiva não houve nenhuma alteração, que estava composta por Jonas Mendy na Baliza, Emanuel na direita, Rudinilson e Juary no centro da defesa e Agostinho Soares na esquerda.

O meio campo também não sofreu qualquer alteração, entregue a trio de Nanisio, Zezinho Lopes e Bucundji Cá.

O resultado sorriu a equipa principal que na segunda parte mudou de atitude e entrou mais forte, e tomou conta do meio campo.

O grande destaque foi o médio ofensivo, Francisco Júnior (Santos) que comandou a sua equipa para ataque, através de dribles e flanqueamento de bolas nas alas.

Porém, Baciro Candé testou todos os 25 jogadores disponíveis, dando minuto a todos os jogadores, para permiti-los tirar ilações na definição da lista de 23 jogadores que será divulgada o mais tardar até o próximo sábado.

A selecção comandada por Baciro Candé apresentou algumas dificuldades no sector intermediário e no sector ofensivo, principalmente nos primeiros 20 minutos do encontro, em que Sami e Toni Sá Brito perdiam bolas facilmente em várias situações.

As dificuldades de fazer uma transição de meio campo para ataque eram notáveis em alguns momentos dos primeiros 45 minutos.

ANG/O Golo GB


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw