Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Domingo, 20 de Agosto de 2017
Todas as categorias
Desporto
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Desporto/ CAN 2017 Presidente da República pede a Taça das Nações Africanas à equipa Nacional de futebol

2017-01-06

(ANG) - O Presidente da República da Guiné-Bissau José Mário Vaz pediu a Selecção Nacional de Futebol para trazer ao país a Taça das Nações Africanas cuja competição irá arrancar no próximo dia 14, no Gabão.



O pedido do chefe de Estado foi feito hoje aos jogadores durante o acto da despedida da equipa de “Djurtus” no palácio Presidencial da Guiné-Bissau e que culminou com a entrega simbólica da Bandeira Nacional ao Capitão da equipa nacional, Bucundji Cá.

José Mário Vaz mostrou a vontade de receber de volta a Bandeira juntamente com o troféu nas mãos do Capitão da equipa nacional, após a competição, na Presidência da República, por isso desejou boa sorte aos jogadores.

Aconselhou aos jogadores a se pautarem pela união dentro e fora do campo para poderem conquistar a taça e ser um orgulho para todos os guineenses pelo facto de a equipa estar presente nesta competição.

José Mário Vaz deixou as garantias de apoiar a Selecção Nacional, através da Federação Nacional de Futebol da Guiné-Bissau.

Enquanto isso, o Capitão da equipa nacional, Bucundji Cá disse que vão partir para a República de Gabão em pé de igualdade com as outras seleções, prometendo fazer tudo para alegrar ao povo guineense e fazer com que a Bandeira nacional seja hasteada ao mais nível, apesar das dificuldades que enfrentaram durante a caminhada para a fase final do CAN.

“No Gabão as outras selecções que ainda não conhecem a Guiné-Bissau, vão reconhecê-la quando vêm no campo, por exemplo, os jogadores como o Zezinho e Sami *, prometeu.

Apelou aos dirigentes para acreditarem no futebol e na juventude, apostando na formação dos mais novos no domínio de desporto.

Bucundji Cá pediu a união dos guineenses em torno da equipa de futebol nacional por se tratar de uma causa de todos , sem exceção.

Elogiou o empenho do Presidente da Federação na melhoria das condições e a equipa técnica liderado pela dupla Baciro Candé e Romão dos Santos.

ANG/LPG/ÂC/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw