Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Quinta, 13 de Dezembro de 2018
Todas as categorias
Política
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Viação marítima/ Instituto Portuário lança campanha para segurança marítima

2015-08-20

(ANG) - O Instituto Marítimo Portuário da Guiné-Bissau, leva a cabo uma campanha de sensibilização sobre a segurança da navegação marítima, com, o objectivo de conseguir junto dos parceiros internos ou externos, cerca de mil coletes salva vidas, que serão distribuídos gratuitamente para todo o país de forma a reforçar as condições de segurança no mar.



Em declarações hoje à ANG, Carlos da Silva disse que a campanha vai servir para alertar sobretudo aos utilizadores das pirogas nas diferentes travessias do país, sobre os perigos de navegação neste período das chuvas em que o mar, muitas vezes, fica agitado devido o mau tempo.

No quadro dessa campanha são aconselhados aos proprietários das pirogas para utilizarem metade das suas capacidades de embarcações.

“A segurança é pessoal, porque há lugares onde não temos delegados o que aumenta a nossa preocupação uma vez que longe dos olhos das autoridades, as pessoas arriscam as suas vidas, porque muitos dizem, se eu não viajar hoje, só viajarei na próxima semana. O melhor é esperar e viajar em segurança porque a vida não tem preço” aconselhou.

Carlos Silva afirmou que o objectivo é de conseguir mil coletes salva vidas, que serão repartidos gratuitamente nas deferentes travessias existentes no país, para reforçar as condições de segurança das Pessoas.

“Não é por acaso que este objecto foi dado o nome da salva vidas. É um camarada e amigo, é como uma camisa que alguém veste. Se cair na água com um colete bem amarado nunca irás para o fundo do mar, podendo ter tempo de ser socorrido. Se estiver próximo da zona das ilhas temos embarcações rápidas que dentro de duas horas no máximo podem chegar em qualquer sitio onde há problemas, “ explicou Silva.

Aquele responsável máximo dos portos da Guiné-Bissau, lembrou a população que em caso de acidente no mar não devem hesitar em contactar pelo 5166666 .

Pede aos passageiros, proprietários e tripulantes das canoas a respeitarem as regras de segurança, caso contrario o infractor pagará de acordo com as leis do país.

A campanha de sensibilização para a segurança marítima vai durar dois meses .

ANG/MSC /SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw