Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Terça, 18 de Dezembro de 2018
Todas as categorias
Política
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


ANP/ Cipriano Cassamá garante que CNE vai continuar a funcionar na Antiga Presidência da República

2017-01-11

(ANG) – O Presidente da Assembleia Nacional Popular disse nesta terça-feira que a Comissão Nacional de Eleições (CNE), vai continuar a funcionar nos edifícios da antiga Presidência da República até a construção de uma nova sede.



A ANG sabe que o novo Primeiro-ministro, Umaro Sissoco pretende reinstalar o seu gabinete nesse local pelo que solicitou a CNE que abandonasse as instalações.

Cipriano Cassamá discursava na cerimónia de cumprimentos de ano novo por parte dos trabalhadores das instituições sob a tutela da ANP,disse que enquanto representante do povo está determinado em assegurar a integridade, atribuições e competências da CNE mediante a manutenção de condições objectivas de funcionamento de instalações físicas que dignifica aquela instituição e os seus trabalhadores.

“ A sede onde se encontra a CNE é e sempre será dela até quando juntamente com os parceiros internacionais construamos um novo edifício “disse.

Referido -se aos meios de comunicação social, o líder do hemiciclo guineense, disse que jogam um importante papel na sociedade, não só como meio, mas como poder numa altura de tanta pressão sobre os órgãos da comunicação social sobretudo os públicos.

Cipriano Cassamá denunciou que ultimamente tem -se assistidos actos de censura nos órgãos da comunicação social públicos, denunciados pelo gabinete do Presidente ANP e mais recente por um alto líder político do país.

“O Concelho da Comunicação Social foi concebido para servir de âncora a uma sociedade de informação plural, livre e despida de preconceitos, mas capaz de promover um debate franco e responsável sobre o tipo de sociedade inclusivo que queremos” , referiu Cipriano Cassamá.

O Presidente da ANP frisou que não se pode continuar a tolerar o que se assiste diariamente na Televisão Nacional (TGB), e na Radio Difusão Nacional (RDN), tendo garantido que a ANP assumirá a sua responsabilidade brevemente.

Tomaram parte na cerimónia de cumprimentos do ano novo ao Presidente da Assembleia Nacional os funcionários parlamentares, Presidente em exercício da CNE, Presidente do Concelho Nacional da Comunicação Social e o Presidente da Comissão Organizadora da Conferência para Paz Desenvolvimento e Reconciliação Nacional.

ANG/MSC/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw