Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Domingo, 17 de Dezembro de 2017
Todas as categorias
Cultura
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Carnaval/ “Cultura como Factor de Inserção Social e Económica”, é o lema escolhido para este ano

2017-01-17

(ANG) – O carnaval 2017 que se realiza de 25 à 28 de fevereiro próximo vai ter como lema “Cultura como Factor de Inserção Social e Económica” , visando a promocao e o desenvolvimento cultural a nível interno.



A revelação é do Presidente da Comissão Organizadora do carnaval 2017 João Cornélio Gomes Correia em entrevista exclusiva hoje à Agência de Notícias da Guiné.

“Não temos muita coisa pronta, porque ainda só submetemos o nosso orçamento ao governo e depois disso é que pretendemos avançar com os nossos preparativos”, explicou o Presidente da referida Comissão.

Acrescentou que no que concerne a forma de realização de desfile carnavalesca perspetivam fazê-lo no Espaço Verde´, no bairro de Ajuda, e igualmente vão construir as bancadas de diversão e lazer de forma a facilitar as pessoas que não conseguem ficar de pé por muito tempo.

Joâo Cornélio Gomes Correia disse que perspetivam igualmente montar os palcos de animação nos bairros de Antula, Espaço Verde de bairro Ajuda, na retunda de Aeroporto, Bór e Rotunda de Baiana.

Aquele responsável disse que só irá ser permitido 100 pessoas em cada grupo que vai desfilar no carnaval, sublinhando que vão empossar os membros de Comissão Regional no dia 27 de Janeiro.

Questionado se pretendem introduzir o conceito entrudo nesta festa carnavalesca, respondeu que já estão numa era de mudanças e que esse conceito só vai trazer problemas uma vez que muitos usam as mascarras para fazer maldade.

“Sabemos que a forma antiga de mascarrar com chicote na mão só prejudicava e provocava as intimidações das pessoas, por isso não estamos a pensar a reintroduzir este estilo de carnaval”, esclareceu.

ANG/AALS/ÂC/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw