Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Todas as categorias
Desporto
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


CAN-2017/ Guineenses ainda acreditam na passagem dos “Djurtus” a fase seguinte apesar da derrota de quarta-feira

2017-01-19

(ANG) – Alguns citadinos guineenses ainda acreditam na passagem da Seleção Nacional de Futebol “Os Djurtus”, à fase seguinte do Campeonato Africano das Nações (CAN-2017), apesar da derrota frente à seleção Camaronesa por 2-1, na quarta-feira.



Em declarações a Agência de Notícias da Guiné (ANG), o funcionário publico António Sabali sustentou que os Djurtus estiveram muito bem na primeira parte do jogo, jogando no campo do adversário e acabando por marcar o primeiro golo.

Para António Sabali, os guineenses devem conformar com os resultados conseguidos pela Seleção Nacional de Futebol, por se tratar de uma seleção em construção que pela primeira vez tomou parte numa competição de alto nível ao continental.

“Os rapazes merecem o nosso total apoio por tudo o que tem demostrado ao longo do tempo até a data presente. Perder ontem não implica que já estamos eliminado no torneio, vamos continuar a dar força aos Djurtus e a nós mesmos”, disse António Sabali.

Por seu turno, o docente Francisco Gil Correia considera que, por mais gigante que a Seleção Camaronesa for , no jogo de ontem o resultado devia ser 1-0 ou mesmo 2-0, a favor da Guiné-Bissau.

Francisco Correia considera ainda que faltou ambição ao técnico nacional, Baciro Candé.

”Candé devia apostar no ataque em vez de se preocupar mais a jogar na defesa. Quem tem Zezinho, Piquete, Toni Sá Brito tem golos para seguir a frente”, disse.

A estudante Mirna de Jesus, manifestou o seu descontentamento face a derrota dos Djurtus frente a Camarões, mas reconhece nem tudo esta perdido.

Convida a todos os guineenses a aplaudir o mister Candé com toda a sua equipa pelo desempenho e respeito pelas cores nacional.

Ismael Mendes, disse que não é momento para as criticas, porque –acrescenta-*todos sabem em que condições os Djurtus viajaram o CAN*.

A Guiné-Bissau perdeu quarta-feira com os camarões no segundo jogo do CAN e havia empatado o primeiro por uma bola, contra o Gabão.

O terceiro jogo dos Djurtus realiza-se no próximo domingo contra a turma de Burquina Faso. Trata-se de um jogo decisivo para a manutenção das aspirações dos rapazes de Candé de passar a fase seguinte da eliminatória.

ANG/LLA/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw