Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Terça, 26 de Setembro de 2017
Todas as categorias
Economia
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Função Pública/ Presidente da República considera de insuportável massa salarial

2017-01-26

(ANG) - O Presidente da Guiné-Bissau, José Mário Vaz, considerou de insuportável a massa salarial dos funcionários públicos e pediu ao primeiro-ministro «reformas urgentes».



Num discurso perante o Governo na terça-feira no acto de cumprimentos de ano novo ao chefe de Estado, José Mário Vaz pediu ao primeiro-ministro, Umaro Sissoco Embaló, que avance com reformas e que ponha os guineenses a trabalhar mais.

O Presidente guineense recorreu à sua experiência pessoal enquanto antigo ministro das Finanças para sustentar a convicção de que será difícil ao Estado continuar a suportar a atual massa salarial da função pública.

A massa salarial que pagou em 2012, enquanto ministro das Finanças, rondava «2,1 mil milhões de francos CFA, dois anos depois, a massa salarial situa-se na ordem de quatro mil milhões de francos CFA», afirmou José Mário Vaz.

O chefe do Estado guineense defendeu que o país «não tem condições de continuar a suportar» tais valores.

O Presidente guineense disse, dirigindo-se ao primeiro-ministro, que aceitaria o aumento da massa salarial se os serviços públicos e as condições de trabalho dos funcionários fossem melhoradas.

José Mário Vaz considerou que apenas a reforma e o trabalho podem levar o Estado a ter melhor desempenho e a atender às necessidades da população.

Afirmou ainda que, na atual situação, todo o dinheiro arrecadado pelo Governo serve apenas para o pagamento de salários dos funcionários públicos.

«É chapa ganha, chapa gasta», defendeu o Presidente guineense, que quer ver o Governo a promover reformas na Função Pública em 2017.

ANG/Lusa


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw