Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Sexta, 16 de Novembro de 2018
Todas as categorias
Internacional
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Alemanha/ Parlamento elege Frank-Walter Steinmeier novo presidente

2017-02-13

(ANG) - o socialdemocrata Frank-Walter Steinmeier foi no domingo eleito Presidente da Alemanha pelos membros do parlamento, em substituição de Joachim Gauck, antigo pastor dissidente da Alemanha de Leste.



O até agora ministro dos Negócios Estrangeiros alemão Frank-Walter Steinmeier foi eleito, de consensual entre os dois partidos da “Grande Coligação”, por 931 votos, num total de 1.239 grandes eleitores.

Dos restantes quatro candidatos, o mais votado foi Christoph Butterwegge, do Partido da Esquerda, que obteve inesperadamente 128 votos. Concorreram também Albrecht Glaser, dos “Eleitores Livres” da extrema-direita, e Engelbert Sonneborn, do Partido dos Piratas.

A chanceler alemã, Angela Merkel, já afirmou que o social-democrata será um “magnífico” Presidente da Alemanha e mostrou-se convicta da sua capacidade para alcançar consensos em “tempos difíceis”.

“Vai ser Presidente em tempos difíceis”, sublinhou Merkel em breves declarações à imprensa após a votação na Assembleia Federal, onde Steinmeier, candidato de consenso de conservadores e sociais-democratas, obteve 931 votos dos 1.253 delegados presentes. “Este é um dia bom para a Alemanha“, disse Merkel.

A chanceler destacou ainda que quando ocupou o cargo de ministro dos Negócios Estrangeiros, Steinmeier sempre teve “tacto” para “procurar caminhos e encontrar soluções” nas situações mais difíceis e considerou que essa característica também o vai ajudar na política interna.

Aos 61 anos, Frank-Walter Steinmeier, social-democrata, foi ministro dos Negócios Estrangeiros entre 2005 e 2009 e entre 2013 e 2017. Num cargo honorário e sem poderes executivos, Steinmeier, que já foi apelidado pela imprensa de “anti-Trump”, terá funções bastante diferentes do presidente dos Estados Unidos.

Num artigo publicado no jornal Bild, o então chefe da diplomacia alemã escreveu que “com a eleição de Donald Trump, o velho mundo do século XX finalmente acabou. Como o mundo de amanhã será ainda não está definido”.

ANG/ZAP / Lusa


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw