Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Quinta, 19 de Outubro de 2017
Todas as categorias
Cultura
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Carnaval 2017/ Desfiles regionais marcam início das festividades

2017-02-17

(ANG) - O carnaval, a maior festa popular guineense inicia no próximo sábado, dia 25, com desfiles regionais de grupos carnavalescos, anunciou hoje o diretor-geral da cultura.



João Cornélio Gomes Correia que falava à ANG sobre os preparativos do carnaval 2017, disse que a maioria das regiões já têm as suas respectivas subcomissões empossados, faltando apenas alguns para concluir o processo.

Contudo, Gomes Correia disse que a Comissão Organizadora ainda está sem fundos para atribuição dos habituais prémios aos grupos vencedores dos desfiles regionais.

Segundo ele, até então a Comissão se depara com dificuldades financeiras, razão pela qual não foi divulgado o valor do prémio a atribuir aos grupos vencedores dos desfiles nacionais, de máscaras e rainhas.

O Director-geral da Cultura e igualmente Presidente da Comissão Organizadora do Carnaval revelou que apresentaram um orçamento no valor de 217 milhões de francos mas que até agora nenhuma empresa que opera no país manifestou a vontade de patrocinar o carnaval este ano.

João Cornélio Correia disse que prespectivam realizar o desfile nacional em dois dias, acrescentando que a título de exemplo no terceiro dia do carnaval vão ser realizadas as danças culturais para permitir uma maior visibilidade e o dia seguinte será reservada a parte dramática e desfiles de rainhas.

De acordo com João Cornélio Gomes os grupos carnavalescos podem participar com 100 à 150 elementos.

Interrogado sobre o espaço para instalação do palco central dos júris disse que desta vez não vai ser no bairro D’Ajuda, devido aos elevados custos que acarreta para a Comissão, explicando que a maioria dos grupos aloja nas escolas, pelo que vão procurar um espaço para minimizar despesas tendo em conta as dificuldades financeiras.

O director geral da Cultura apelou a participação massiva dos guineense nas festividades do carnaval.

Em 2016 o primeiro classificado em grupos, Netos de Bandim recebeu um prémio de oito milhões de francos CFA, o segundo - seis milhões, o terceiro-quatro milhões, enquanto que na categoria de máscaras o primeiro lugar foi premiado com dois milhões de francos CFA.

ANG/LPG/ÂC/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw