Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Quinta, 23 de Novembro de 2017
Todas as categorias
Comunicações
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Comunicação Social Jornal “Nô Pintcha” celebra 42º aniversário com lançamento do website

2017-03-29

(ANG) – O Jornal Nô Pintcha celebrou hoje o 42ª aniversário com lançamento oficial do seu Site, o qual pode ser acessado através do endereço: www.Jonalnopintcha.gw



A cerimónia foi presidida pelo ministro da Comunicação Social, Victor Pereira e contou com a presença do Secretário-geral do ministério, Francisco Barreto e dos directores-gerais da ANG, Inacep e TGB .

Na ocasião, o ministro disse que o jornal conseguiu cumprir o seu papel de informar e formar mas lamentou que nos últimos anos a sua publicação tenha conhecido uma quebra acentuada, não só em termos de qualidade de conteúdos, como no número de leitores, passando a tiragem para de cerca 500 exemplares.

Para Victor Pereira urge inverter essa situação, sobretudo neste momento em que o jornal enfrenta uma concorrência acentuada de outros semanários privados.

Por isso, o Ministro da Comunicação Social pediu que seja introduzida mudanças profundas que deverão completar o grafismo, a paginação,o formato, o aumento do número de paginas, a melhoraria na organização de conteúdos ,bem como a retoma da periodicidade trissemanal, e e até à publicação diária.

Indicou que estes são os desafios que necessita de um seguimento permanente da parte do Ministério para que o Nô Pintcha continue a afimar-se como um jornal de referência no panorama da imprensa guineense.

Victor Pereira reafirmou a vontade de levar a comunicação social à todo o territorio nacional,por ser o prioridade do governo, na desfesa de critérios sociais de igualidade do direito à informação, e que o Ministério está a diligenciar para resolver os problemas do sector.

Para o Director-geral do Jornal Nô Pintcha, Simão Abina, a missão de informar e formar assumida pelo jornal foi graças ao empenho e dedicação das diferentes gerações dos seus funcionários.

“Após a independência do país, o jornal conheceu bons e maus momentos. Começou como trissemanário e passou para semanário, chegando depois a sair quando calhasse, tudo por falta de meios financeiros para a aquisição de matéria-prima”, contou o director-geral.

Realçou que, contudoa, os trabalhadores não se resignaram em nenhum momento perante as dificuldades que lhes surgiam, “fizeram de tripas coração e deram novo impulso ao jornal que hoje, atingiu níveis aceitáveis em termos da qualidade de isenção informativa”.

Abina anunciou novos planos idealizados pela sua Direcção, nomeadamente o alargamento de postos de venda do jornal a nível nacional e o aumento de tiragem de 400 para 500 exemplares por edição.

Acrescentou que estas inovações precisam de ser seguidas de alguns incentivos, sobretudo a superação dos jornalistas e a efectivação daqueles que já se encontram há mais de 10 anos nesta profissão, e dar oportunidades a novos quadros.

Em representação dos trabalhadores do jornal, Julciano Baldé disse que não obstante o empenho e dedicçaõ de todo o corpo redatorial, deparam-se com dificuldades de vária ordem: desde a falta de equipamentos informáticos,gravdores de som,máquinas fotográficas,situação que dificulta a execução das tarefas.

Por isso, pediu melhorias nas condições laborais, para permitir que os seus profissionais possam cumprir as suas obrigações, e prometeu tudo fazer para dignificar a boa imagem daquele órgão de informação nacional.

ANG/LPG/JAM/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw