Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Quinta, 15 de Novembro de 2018
Todas as categorias
Internacional
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Costa do marfim/ Ex-primeira-dama absolvida de crimes contra a humanidade

2017-03-29

(ANG) - Simone Gbabo, julgada em maio de 2016, sob a acusação de crimes contra a humanidade e crimes de guerra, foi absolvida na terça-feira, 28 de março, pelo Tribunal de Abidjan Assize.



O procurador tinha pedido uma sentença de prisão perpétua para a ex primeira-dama da Costa do Marfim pelo seu papel na onda de violência pós-eleição de 2010.

“A maioria do júri declarou Simone Gbagbo não culpada dos crimes que lhe eram imputados, absolvendo-a e ordenou a sua libertação imediata, caso não esteja presa por outras causas”, afirmou o juiz Kouadjo Boiqui, presidente do Tribunal Criminal.

Simone Gbagbo já está a cumprir uma sentença de 20 anos de prisão por “colocar em perigo a segurança de Estado” em 2015.

As partes têm “60 dias para apresentar um recurso da decisão”, disse o juiz, depois de seis horas de deliberação dos seis jurados.

A acusação responsabiliza a ex-primeira-dama por abusos perpetrados pelas Forças Armadas e por grupos paramilitares leais ao regime do seu marido, Laurent Gbagbo, que está a ser julgado pelos mesmos fatos em Haia.

Simone Gbagbo, ausente nas audiências desde novembro de 2016, não compareceu ao veredicto.

ANG/e-global.pt


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw