Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Quarta, 14 de Novembro de 2018
Todas as categorias
Internacional
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Congo/ Descobertos restos mortais de investigadores da ONU

2017-03-29

(ANG)- os restos mortais de dois investigadores da ONU e o intérprete congolês, desaparecidos há duas semanas foram descobertos na região do Kasai, na República Democrática do Congo, de acordo com um comunicado do Governo e da ONU.



O norte-americano Michael Sharp, a sueca Zaida Fatala, e o intérprete Betu Tshintela tinham desaparecido na região no dia 12 de Março.

Num comunicado terça-feira, o Secretário Geral da ONU António Guterres confirmou que os restos mortais dos dois investigadores tinham sido encontrados, afirmando também que a organização iria conduzir um inquérito formal.

Os investigadores estavam no país a analisar a violência em larga escala no país e as violações de direitos humanos do exército congolês e das milícias locais quando desapareceram.

A milícia Kamwina Nsapu tem vindo a combater as forças de segurança na região desde 2016, com o aumento da violência depois do exército ter morto o líder da milícia em Agosto. Desde então, mais de 400 pessoas morreram e cerca de 200 mil pessoas foram deslocadas, de acordo com dados da ONU.

ANG/e-Global Notícias em Português


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw