Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Terça, 18 de Dezembro de 2018
Todas as categorias
Política
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Política/ “PR promete trabalhar para regresso dos exilados políticos no estrangeiro”, diz Coordenador do Movimento Civico

2017-04-04

(ANG) – O Presidente da República prometeu esta terça-feira ao Movimento Nacional Cívico “Nô Junta mon Pa fidju de terra riba kasa“, trabalhar no sentido de garantir o regresso em segurança de todos os exilados políticos guineenses em Portugal .



Em declarações á Imprensa após a saida de encontro com o Chefe de Estado, O Coordenador do referido movimento, Fernando Gomes disse que José Mário Vaz, de facto, aderiu a esta iniciativa e que ele achou que nenhum governante tem o direito de dizer que um cidadão guineense não pode regressar ao seu país natal.

Segundo Fernando Gomes o chefe de estado recomendou que todos os exilados voltassem à Guiné-Bissau.

Gomes acrescentou que o Movimento Nacional Cívico esta a lutar pela causa dos direitos humanos, porque hoje em dia o exílio político é inaceitável em qualquer parte do mundo.

Adiantou ainda que o exílio político neste momento é considerado em todos os instrumentos internacionais uma violação flagrante dos direitos humanos, e que além de mais, de acordo com a Declaração Universal dos Direitos Humanos, no seu artigo nono e décimo terceiro, condena a mesma acção.

O coordenador do Movimento Nacional Cívico ?Nô junta mon pa fidju de terra riba kasa? disse ainda que no plano regional,a Carta Africana dos Direitos dos Homens e dos Povos, no seu artigo décimo segundo, também condena o exílio político.

O Moviemto Nacional Cívico agendou para os próximos dias a realização de uma audiência com os órgãos da soberania, líderes dos partidos políticos, entidades religiosas e outros, para conversar sobre o mesmo assunto.

Entre os exilados políticos, destaca-se o ex-primeiro-ministro e candidato presidencial, Carlos Gomes Júnior.

ANG/ PFC/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw