Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Segunda, 20 de Novembro de 2017
Todas as categorias
Regiões
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Crise política/ Imame regional de Bolama pede entendimento entre políticos

2017-04-05

(ANG) – O Imame Regional de Bolama (sul) pediu aos políticos do país para se entenderem, a fim de contribuir melhor para o desenvolvimento pretendido.



Em declarações ao repórter da Agência de Notícias de Guiné (ANG), Bacar Camará disse “não coompreender que tipo de política se faz na Guiné-Bissau” .

“ Não percebo que tipo de pollítica, que tipo de democracia se exerçe na Guiné-Bissau”, questionou o líder espiritual, para mostrar a sua ira e divórcio com os políticos do país.

Bacar Camará exortou a todos os guineenses, a trabalharem em prol da paz e estabilidade política na Guiné-Bissau.

Questionado sobre a decisão do executivo, em limitar aos nacionais, a compra directa da castanha junto dos camponeses, o Imame Central da Região de Bolama disse que a medidida reduz a concorrência, e que, no seu entender, pode não contribuir para a subida do preço junto dos agricultores.

Por isso, Bacar Camará pede ao governo a reconsiderar a sua posição, “para que o preço da castanha de cajú possa subir até mil Francos cfa, junto dos campaneses.

De acordo com as projecções da Directora Nacional do Banco dos Estados da África Ocidental (BECEAO), a Guiné-Bissau exportará 200 mil toneladas de castanha em 2017.

ANG/QC/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw