Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Quarta, 12 de Dezembro de 2018
Todas as categorias
Política
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Governação/ Primeiro-ministro promete equipar serviços de Seguranca

2017-04-11

(ANG) - As obras de restauração do Comissariado Central da Policia deverão estar concluídas rapidamente, disse hoje o Primeiro-ministro que anunciou ter orientado o ministro do Estado e do Interior para encontrar uma empresa nacional capaz de as executar.



"O governo deve assumir a sua responsabilidade", disse Umaro Sissoco Embalo que lembrou que a empreitada havia sido iniciada no quadro da cooperação com Angola, mas que acabaria por se interromper por razões "que todos conhecem", disse.

O Primeiro-ministro falava à imprensa após uma visita que o conduziu aos diferentes departamentos sob tutela do Ministério do Interior, nomeadamente o Comissariado Geral, Policia de Intervenção Rápida, Bombeiros, Guarda Nacional, Brigada de Acção Fiscal e os Serviços de Estrangeiros e Fronteiras.

O Chefe do executivo sublinhou que o seu governo esta em condições de terminar a referida obra, pois, segundo disse, "trata-se de uma questão de vontade, neste caso, independentemente dos apoios vindos do exterior", e assim dignificar os agentes que lá labutam.

Umaro Sissoco Embalo explicou ter-se inteirado das difíceis condições em que trabalham e encorajou aos seus agentes, incluindo o ministro, pelos seus "sacrifícios" na protecção e defesa das populações.

"Por exemplo, constatei que as instalações que servem de quartel às forças da Guarda Nacional, Polícia de Intervenção Rápida e Polícia de Trânsito, entre outras, não estão em condições adequadas", reconheceu tendo prometido diligenciar junto de países amigos no sentido de mobilizar apoios com vista a equipar estes departamentos, ou seja, dota-los de meios para a prossecução das suas actividades.

Apesar de tudo, louvou o papel das forças da ordem na protecção e defesa da população, que segundo o chefe do executivo, tem sido desempenhado com "zelo e dedicação", razão pela qual visitou esses serviços.

ANG/JAM/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw