Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Quarta, 14 de Novembro de 2018
Todas as categorias
Internacional
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


ONU/ Fome ameaça milhões de vidas no Corno de África

2017-04-12

(ANG) - O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) alertou ontem para o risco de mortos “em massa” devido à fome no Corno de África, na Nigéria e no Iémen.



A ONU lançou o aviso tendo “em conta as secas que afectam igualmente numerosos países vizinhos (do Corno de África e da Nigéria) e a falta de financiamento, que se tornou tão grave que uma crise humanitária que podia ter sido evitada (...) se está a tornar inevitável”, afirmou um porta-voz do ACNUR numa conferência de imprensa em Genebra.

Adrian Edwards, o porta-voz da ONU, disse que “o risco de mortos em massa provocados pela fome entre as populações do Corno de África, do Iémen e da Nigéria aumenta” e a ONU teme que a situação possa ser pior que durante a fome de 2011, que matou mais de 260.000 pessoas nesta região.

A situação actual, denunciou, é o resultado de uma multitude de factores: secas, falta de fundos e conflitos, que provocam deslocações em massa. E acrescentou que a Somália, o Sudão do Sul, a Nigéria e o Iémen enfrentam uma seca grave, assim como conflitos armados.

As Nações Unidas pedem à comunidade internacional 4,4 mil milhões de dólares (4,1 mil milhões de euros) para enfrentar a fome que ameaça aqueles países.

ANG/JA


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw